Produtores rurais e sua importância na política

Agronegócio

Produtores rurais e sua importância na política

José Mário Schreiner acredita que o incentivo ao produtor rural na política fortalece o setor agropecuário
Por:
333 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

José Mário Schreiner acredita que o incentivo ao produtor rural na política fortalece o setor agropecuário

As eleições municipais acabaram e o momento agora é de mudança, exceto para capital goiana e Anápolis que terão segundo turno. O resultado das urnas mostrou e a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) também acredita que os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos poderão proporcionar um novo momento político em todo país. Afinal, o cenário político e econômico do país tem preocupado a sociedade, e na agropecuária não poderia ser diferente, já que o setor ao longo das últimas décadas teve um resultado positivo, porém se mostrou particularmente fraco o PIB do segundo trimestre, algo preocupante, que só reafirma as previsões da Faeg que o “setor não é uma ilha”.

Para superar esta instabilidade, uma das soluções encontradas pela Faeg, além da participação e envolvimento massivo em eventos ligados à agropecuária, foi proposto também que os produtores rurais participassem mais da política. Prova deste comprometimento, foi a participação dos produtores rurais na política, nos 246 municípios de Goiás. Foram dezenas de eleitos majoritários (prefeitos e vice-prefeitos) e centenas de vereadores, entre eles: presidentes de sindicatos, vice-presidentes, diretores, mobilizadores e produtores rurais.

O presidente da Faeg, José Mário Schreiner, acredita que o incentivo ao produtor rural na política – com uma participação mais ativa, fortalece o setor agropecuário, proporcionando que novos líderes rurais assumam uma postura diferenciada na política brasileira. “O momento agora é de corrigir a história de nosso país, oferecendo a Goiás mais oportunidades de empregos – dentro de um setor que só cresce – a agropecuária”, destacou.

Outro ponto considerado importante por José Mário é que há muito tempo a agropecuária desempenha um papel de grande importância no cenário da economia nacional, além disso, foi uma das primeiras atividades econômicas a serem desenvolvidas no país. “Incentivar o produtor rural a posicionar-se diferente é possibilitar um Plano de Desenvolvimento Rural com bases em princípios agroecológicos, a fim de atender a demanda crescente por uma produção de alimentos mais saudáveis e que não destruam o meio natural de onde vieram”, finalizou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink