Produtores terão linha de crédito de R$ 95 milhões na Expointer 2009

Agronegócio

Produtores terão linha de crédito de R$ 95 milhões na Expointer 2009

Os clientes devem procurar a agência do Banrisul onde é correntista e solicitar a carta de crédito
Por:
316 acessos

O Banrisul disponibilizou recursos de R$ 95 milhões aos produtores rurais durante a Expointer 2009, que se inicia no dia 29, em Esteio. O valor representa um incremento de 21% em relação ao alocado no ano passado. Os interessados podem utilizar a modalidade de crédito pré-aprovado, oferecida pelo banco para dar maior agilidade e rapidez na concessão do financiamento. Os clientes devem procurar a agência do Banrisul onde é correntista e solicitar a carta de crédito, documento que será apresentado no momento da aquisição do bem.

Os produtores podem adquirir matrizes e reprodutores de bovinos, bubalinos, ovinos, suínos e caprinos, registrados ou certificados. O limite de financiamento é de até 100% do valor do animal, limitado a R$ 30 mil por produtor e taxa de juros de 6,75% ao ano. O prazo para os bovinos de leite e corte é de 36 meses e para os demais animais de 24 meses. Os agricultores familiares podem adquirir animais, máquinas e implementos agropecuários, com um limite de financiamento de até R$ 36 mil e taxa de juros a partir de 1,5% ao ano.

Nova linha de crédito
A grande novidade do Banrisul para a edição desta Expointer será a nova linha Finame Agrícola PSI - Programa de Sustentação do Investimento. Os produtores rurais podem financiar a aquisição de máquinas, equipamentos e implementos, como tratores, colheitadeiras, plantadeiras, pulverizadores, entre outros, cadastrados na Finame Agrícola. O prazo para pagamento é de até dez anos, incluído a carência de até dois anos. A taxa de juros é de 4,5% ao ano, com limite de financiamento de até 90% do bem a ser financiado.

Os produtores da agricultura familiar poderão contar, ainda, com o Programa Mais Alimentos, que o Banrisul operou de forma pioneira na feira de 2008 e, inclusive, realizando a entrega de tratores durante a Expointer. A linha financia projetos de investimentos necessários à produção de milho, feijão, arroz, trigo, mandioca, olerícolas, frutas e leite, para os agricultores enquadrados no Pronaf. O limite mínimo de financiamento é de R$ 7 mil e o máximo de R$ 100 mil. A taxa de juros é de 2% ao ano.

Para os produtores não-enquadrados na agricultura familiar e que pretendem investir em máquinas e equipamentos, têm à disposição várias linhas de crédito que financiam tratores, colheitadeiras e implementos associados, sistemas de irrigação, ordenhadeiras mecânicas, tanques de resfriamento, homogeneização do leite, distribuidor de adubo, calcário e esterco líquido, picadeira, sistema de rastreabilidade bovina, sistemas de irrigação e armazenagem, entre outros. Os agricultores enquadrados no Proger Rural poderão financiar, na modalidade de crédito Moderfrota, colheitadeiras, tratores e implementos associados novos, até o valor de R$ 200 mil com taxa de juros de 7,5% ao ano. Havendo necessidade de aquisição de máquinas e equipamentos não cadastrados na Finame o produtor terá acesso aos recursos da Poupança Rural, com taxa de 10,30% ao ano, limitado a R$ 20 mil por produtor e com prazo de 24 meses para pagar.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink