Produzir queijo de leite de cabra gera renda no semiárido
CI
Agronegócio

Produzir queijo de leite de cabra gera renda no semiárido

Mestre queijeiro espanhol ministra capacitação para empreendedores
Por:
Em tempos de estiagem, os caprinos são uma excelente alternativa para os empreendedores do semiárido potiguar que desejam incrementar os negócios. Para muní-los de informação e conhecimento, o Sebrae no Rio Grande do Norte capacita empresários e profissionais do setor de laticínios de Currais Novos. Nesta terça-feira (9), chegou ao fim mais um curso de produção de queijo e derivados de leite de cabra fresco.


A capacitação foi ministrada pelo mestre queijeiro Ignácio Plaza, da região de Extremadura, na Espanha, e foi realizada no Centro de Tecnologia do Queijo (CTQueijo), que está instalado no município, a 180 quilômetros de Natal. Além de empresários, também participaram da capacitação estudantes do Curso Técnico em Alimentos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).


Os participantes tiveram a oportunidade de fazer um intercâmbio e tiveram contato direto com a experiência e a tecnologia desenvolvida na região hispânica. Eles aprenderam a fabricar novos produtos de alto valor agregado. O curso é fruto do projeto Aprisco Nordeste, que tem como propósito introduzir inovações tecnológicas, gerenciais e comerciais nas cadeias produtivas da ovinocaprinocultura, beneficiando produtores rurais e empresas locais.


Ignácio Plaza aproveitou o momento para conhecer a Unidade de Beneficiamento de Leite da CERSEL – Unidade de Laticínio Sant’Ana e para proferir palestra no IFRN sobre o tema Derivados do Leite de Cabra para um grupo de técnicos e estudantes.

“A intenção é mostrar ao produtor rural e às fábricas de laticínios que é possível produzir e comercializar, mesmo que de maneira artesanal, produtos de qualidade, com valor agregado, não ficando apenas com o leite pasteurizado e o queijo de coalho, mas também outros derivados, aumentando o mix de produtos oriundos da caprinocultura”, ressalta o gestor do projeto Aprisco no Agreste e Seridó, Gustavo Cosme. Após a passagem por Currais Novos, Ignácio Plaza segue para Campina Grande, onde irá realizar a degustação de queijos produzidos em novembro de 2012, na sua última visita técnica.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.