Proesas é apresentado ao ministro da Agricultura

Agronegócio

Proesas é apresentado ao ministro da Agricultura

Programa Estadual de Águas e Saneamento Rural reunirá um conjunto de medidas fiscais, sociais e ambientais
Por:
2045 acessos
Agência Estadual de Notícias - O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jonel Iurk, e o presidente do Instituto das Águas do Paraná, Márcio Nunes, apresentaram esta semana o Programa Estadual de Águas e Saneamento Rural (Proesas) ao ministro de Agricultura, Wagner Rossi, em Brasília.


O programa, lançado pelo governador Beto Richa em abril, compreende uma série de ações conjuntas entre secretarias de Estado, autarquias e empresas mistas visando à melhoria da qualidade de vida no meio rural. Ele reunirá um conjunto de medidas fiscais, sociais e ambientais destinadas a melhorar a vida das famílias que vivem no campo e incentivar a preservação ambiental e o aumento da produtividade. Entre as medidas estão a compensação financeira para o produtor que preservar nascentes de água, a construção de moradias rurais, a conscientização sobre manejo do solo e a implantação de sistemas comunitários de água tratada e saneamento.


"O Proesas vem ao encontro da necessidade de desenvolver a economia e promover o bem-estar social, mas sem esquecer das questões de sustentabilidade", ressaltou Iurk.

"Esse programa irá marcar a história do Paraná. A transversalidade é a palavra-chave do Proesas e vamos unir esforços pelo bem daqueles que mais precisam", ressaltou Nunes.

O ministro Rossi disse que o Proesas "é um projeto de política pública de qualidade e altíssimo alcance social, ambiental e econômico".

Também presente ao encontro, o deputado federal Moacir Micheletto sugeriu discutir o Proesas em audiência pública na Comissão da Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Capadr) da Câmara. Segundo o deputado, "este projeto merece ser apresentado também ao Ministério da Fazenda, onde poderia receber apoio dos programas de investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)". "Trata-se de um projeto magnífico que contará com todo o nosso apoio", ressaltou.


Participaram da audiência o diretor presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche; o diretor presidente da Ocepar, João Paulo Koslovski; o diretor da Faep João Luiz Rodrigues Biscaia; e a gerente adjunta de Operações do BRDE, Carmem Rodrigues Truite.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink