Professor fala sobre ação da virginiamicina em ruminantes confinados

Agronegócio

Professor fala sobre ação da virginiamicina em ruminantes confinados

Especialista participa de reunião com grupo de consultores e acadêmicos na Phibro, em Guarulhos
Por: -Joana
6800 acessos
Especialista, que ficou conhecido pelo grande número de publicações científicas nas décadas de 80 e 90, participa de reunião com grupo de consultores e acadêmicos na Phibro, em Guarulhos (SP).

No próximo dia 11 de maio, a Phibro Saúde Animal, empresa líder global em aditivos medicamentosos para nutrição e saúde animal, promove ciclo de palestras com o professor de microbiologia da Kansas State University, Haikady Nagaraja, phD, que discorrerá sobre a ação benéfica da molécula virginiamicina no ambiente ruminal e como agente melhorador de desempenho produtivo. Essa será a segunda vez que o professor visita o Brasil.

A reunião marcada para acontecer, em Guarulhos-SP, cidade sede da principal unidade industrial da Phibro, reunirá um seleto grupo de especialistas e acadêmicos, e antecederá a realização do 3º Simpósio Internacional de Nutrição Animal, a ser realizado de 13 e 14 de Maio, em Botucatu (SP). Nagaraja ficou conhecido internacionalmente por suas descobertas científicas nas décadas de 80 e 90 nos EUA, que, já naquela época, demonstravam os ganhos de produtividade e no bem estar animal proporcionados pela virginiamicina nas dietas de bovinos.

Segundo Danilo Grandini, diretor da unidade de negócios bovinos da Phibro, o objetivo é colocar em discussão questões importantes ligadas ao manejo nutricional dos ruminantes, principalmente aqueles criados em sistemas mais intensivos. Na pauta estarão temas atuais como os mecanismos para controle da acidose ruminal. “Este é um problema bastante comum e que ocorre em dietas com maior concentração energética, ou em situações que envolvem falhas na oferta dos alimentos e trocas bruscas de ingredientes na alimentação”, observa o diretor.

“O resultado da acidose ruminal em bovinos é uma redução brusca na ingestão de alimentos pelo animal, com conseqüente piora do desempenho produtivo. Em casos mais severos ocorrem os temidos abscessos hepáticos e lesões de parede do rúmen, que comprometem de maneira definitiva o animal durante sua estada no confinamento”, conclui Grandini.

Outros temas que serão apresentados são os mecanismos intrínsecos da molécula virginiamicina na sua maneira de seleção da flora ruminal e sobre a capacidade imunológica de ruminantes em confinamento. O professor Nagaraja concentra suas pesquisas na área de bacteriologia do rúmen de bovinos e o papel desses microrganismos na atividade ruminal em especial em animais sob dieta altamente rica em grãos.


As informações são da Texto Assessoria de Comunicações

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink