Profissionais da Aprosmat ministram palestras na UFMT

Agronegócio

Profissionais da Aprosmat ministram palestras na UFMT

A participação da Aprosmat foi de palestras ministradas pela gerente técnica do Laboratório de Nematologia, Neucimara Ribeiro e, por Denise Meza Miranda gerente técnica do Laboratório de Sementes
Por:
1435 acessos
A Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat) participou da primeira Semana Acadêmica de Engenharia Agrícola e Ambiental, realizada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT Campus Universitário de Rondonópolis), no período de 22 a 26 de novembro. A participação da Aprosmat foi de palestras ministradas pela gerente técnica do Laboratório de Nematologia, Neucimara Ribeiro e, por Denise Meza Miranda gerente técnica do Laboratório de Sementes. Ambas, na oportunidade, explicaram a função de cada laboratório.
Ribeiro doutora em Nematologia fez uma breve explicação do que é um nematóide e seus malefícios para a lavoura. “Como o público são estudantes de Engenharia Agrícola, primeiramente expliquei que os nematóides são vermes e, que atualmente estudamos três tipos, na Aprosmat, que são os que têm mais ocorrências em nossa região: nematóides de galha divididos em duas espécies, nematóides das lesões e cistos”, explica Ribeiro. “O laboratório foi desenvolvido em virtude da necessidade de se ter um resultado rápido das amostras com os possíveis nematóides, pois antes da Aprosmat era preciso que o produtor mandasse as analises para fora do Estado”, diz a doutora.

A gerente técnica do Laboratório de Sementes pontuou, na palestra, as principais atividades desse laboratório e, salientou ainda a importância de se fazer um estágio, mesmo que a faculdade seja em período integral. “Na Aprosmat temos o espaço destinado a estagiário, mesmo fazenda um curso integral, eu, ainda fiz estágios, o aluno precisa conhecer na prática o que ele estuda”, alerta Denise.

“No laboratório de sementes fazemos o controle de qualidade do sistema de produção de semente, trabalhamos com 49 espécies e ao menos 25 testes de qualidade são realizadas”, explica Miranda. Os presentes na palestra puderam ainda conhecer a Associação, por meio de um estande montado nas dependências do campus.

As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso – Aprosmat.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink