Agronegócio

Programa Boas Práticas Agropecuárias do SENAR-RS avalia resultados

O Programa Boas Práticas Agropecuárias - BPA, desenvolvido no Rio Grande do Sul pelo SENAR-RS em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, está encerrando as primeiras turmas.
Por:
251 acessos

O Programa Boas Práticas Agropecuárias - BPA, desenvolvido no Rio Grande do Sul pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-RS) em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, está encerrando as primeiras turmas. Atualmente, seis grupos concluíram os 12 módulos do Programa e as avaliações finais estão sendo analisadas pela Embrapa, para emissão dos laudos de adequação ao BPA.

Cada grupo é composto por oito a 12 propriedades. Em São Francisco de Paula, 16 das 24 propriedades participantes atingiram os índices mínimos de adequação ao BPA e já receberam o laudo, importante ressaltar que mesmo nas propriedades que não obtiveram o laudo, observou-se evolução em suas práticas. Também estão na etapa final de verificação os grupos de Caçapava do Sul, Arroio Grande, Bagé, Santiago e Santo Antônio da Patrulha.

O BPA é um programa permanente de capacitação voltado para bovinocultores de corte. A iniciativa é executada em parceria com os Sindicatos Rurais do interior gaúcho. Traz em sua grade 112 horas divididas em módulos, abordando 129 itens previstos na lista de verificações proposta pela Embrapa, que incluem pontos como gerenciamento de propriedade, manejo de rebanho e questões ambientais. A capacitação é conduzida por instrutores do SENAR-RS habilitados nas áreas de administração, agronomia e veterinária.

Para facilitar a compreensão foi desenvolvido um aplicativo para dispositivos móveis e smartphones com sistemas operacionais Android e IOS, elaborado pelo SENAR para orientá-los sobre as Boas Práticas Agropecuárias. O aplicativo remete a uma propriedade rural, guiando o criador a adotar ações dentro das diretrizes do BPA, como a adequação de mangueira, o cultivo de pastagens, acomodação dos animais, entre outros itens.

A ideia da ferramenta surgiu na Expointer, em 2014, a partir do grande interesse por parte do público durante a apresentação de uma maquete virtual em que era realizado um passeio dentro de propriedade rural que tinha como destaque os pontos de controle. Como um jogo, o aplicativo é interativo e possibilita ao usuário, além de receber orientações, praticar as ações do BPA dentro do espaço virtual.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink