Programa Florestal da Metade Norte será lançado em Lajeado/RS

Agronegócio

Programa Florestal da Metade Norte será lançado em Lajeado/RS

Os objetivos são criar o Comitê Regional Florestal, que vai realizar o diagnóstico florestal para a região, e ordenar a cadeia produtiva
Por: -Janice
369 acessos

No próximo dia 28, em Lajeado, acontece o lançamento do Programa Florestal da Metade Norte, voltado para os 64 municípios que integram a região administrativa da Emater/RS-Ascar de Estrela. O encontro será realizado no Centro Universitário da Univates, partir das 13h30. Os objetivos são criar o Comitê Regional Florestal, que vai realizar o diagnóstico florestal para a região, e ordenar a cadeia produtiva. O Programa integra a frente programática Oportunidades do Agronegócio, ligada aos Programas Estruturantes do Governo do Estado, que visa potencializar a atividade agrícola para manter o RS em destaque no comércio mundial de produtos agropecuários.

Das seis regiões administrativas que agregam o Programa Florestal da Metade Norte, no último dia 14 foi criado o Comitê Regional de Caxias do Sul. Está programada ainda a formação dos comitês regionais de Passo Fundo no dia 22, de Ijuí e de Santa Rosa no dia 30 e o de Erechim, ainda sem data definida.

De acordo com o engenheiro florestal do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Estrela, Álvaro Mallmann, o Comitê envolverá 12 representantes de seis entidades. Cada comitê trabalhará a partir de três eixos básicos, que visam a adequação legal e ambiental das propriedades; a produção econômica da matéria-prima florestal a partir da modernização dos segmentos de transformação e do mercado; e o estabelecimento de uma base tecnológica na cadeia produtiva florestal.

"Na região de Estrela, a produção florestal é considerada bem desenvolvida", observa Mallmann, ao destacar o plantio de 75 mil hectares de florestas de eucaliptos e acácia, por 13 mil produtores. Os municípios de Montenegro, Brochier, Taquari e Maratá possuem as maiores extensões. Nos demais municípios, de agricultura familiar, o produtor mantém uma média de meio hectare de floresta plantada com espécies exóticas.

O grupo que coordena o Programa é formado por representantes da Emater/RS-Ascar, Embrapa Floresta (Colombo-PR), Sindimate, Sindimadeira, Ageflor e Famurs. De acordo com o coordenador técnico estadual pela Instituição, Ilvandro Barreto, os comitês regionais da Metade Norte se reunirão no dia 21 de setembro, em local a ser definido, para apresentação dos planos operativos. As informações são da assessoria de imprensa da Emater-RS.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink