Programa Produzindo Certo certifica 38 produtores e mais de 180 mil toneladas de soja

Agronegócio

Programa Produzindo Certo certifica 38 produtores e mais de 180 mil toneladas de soja

Produtores vão receber mais de um milhão de reais como resultado da valorização da soja certificada
Por:
629 acessos

Primeira fase do programa, conduzido pela Aliança da Terra, que reúne Bayer, Santander, Unilever, Yara certificou 1ª safra de milho e soja no mundo, além de impactar 62 produtores, 1260 funcionários e 152 mil hectares de terra Lançado em 2015 por um grupo de empresas - Bayer, Santander, Unilever e Yara -, o Programa Produzindo Certo tem como objetivo aumentar a produção responsável de soja no País, incentivando os produtores a se adequarem à legislação e a atenderem padrões internacionais de conformidade socioambiental.

Os produtores que participam do programa recebem todo apoio necessário para a obtenção da certificação RTRS (Round Table on Responsible Soy), que reconhece globalmente que a soja foi produzida de forma ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável. A obtenção da certificação agrega valor à safra e habilita o produtor a comercializar o grão em mercados altamente exigentes.

“O programa surgiu da necessidade da Unilever Brasil em suprir sua demanda por soja certificada e, para isso, a companhia precisava de um parceiro que tivesse expertise e credibilidade para abordar e orientar os produtores locais. Foi quando nos procuraram para que desenvolvêssemos um programa bem estruturado de certificação de soja no Brasil. O passo seguinte o foi buscar o apoio de outras empresas que atuam com o agronegócio em diferentes frentes - desde o financiamento agrícola até orientação técnica e insumos, - fechando um círculo virtuoso para o agricultor, que teria a garantia de vender os créditos provenientes da certificação para a Unilever Brasil”, afirma Aline Locks, gerente geral da Aliança da Terra.

A 1ª fase da iniciativa que reuniu Aliança da Terra, Bayer, Santander, Unilever e Yara ocorreu entre 2014 e 2015, teve como foco inicial as regiões produtoras de Uberlândia (MG) e Rio Verde (GO) e mapeou mais de 130 produtores com potencial para certificação. Desses 130 produtores mapeados, 62 aderiram ao Programa, totalizando 1.260 funcionários das fazendas e 152 mil hectares impactados pela iniciativa (sendo 103 mil hectares plantados com soja). 38 produtores alcançaram a certificação RTRS, totalizando 186 mil toneladas de soja certificada, 36 mil a mais que a meta proposta pelo programa.

Ao todo são mais de dois milhões de reais comprometidos em adequações socioambientais pelos produtores e mais de dois milhões de hectares de vegetação nativa. O produtor que plantou milho nesse mesmo período também teve o grão certificado, o que faz dele parte do primeiro grupo do mundo certificado no modelo multi crop. Os 38 produtores que atenderam a demanda da certificação vão receber juntos mais de um milhão de reais como resultado da valorização da soja certificada.

PARCEIROS PROGRAMA PRODUZINDO CERTO:

Bayer - Disponibiliza apoio técnico para os sojicultores, soluções integradas para o manejo das lavouras e sua plataforma de serviços, que visa contribuir para o desenvolvimento do negócio do produtor rural.

Santander - O produtor que adere ao programa tem prioridade na avaliação de crédito para financiar as suas atividades por meio das linhas de Crédito Rural, CPR ou Repasses do BNDES.

Unilever - Compromete-se em valorizar a soja com a compra de todos os créditos provenientes da certificação.

Yara - Seus técnicos priorizarão as propriedades do programa em suas visitas, fornecendo o apoio necessário para a melhor nutrição das plantas, com assistência técnica personalizada.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink