Programa retoma atividades de logística reversa no Centro Serra gaúcho

Imagem: Marcel Oliveira

AGROTÓXICOS

Programa retoma atividades de logística reversa no Centro Serra gaúcho

Com a adoção das medidas de segurança cabíveis, produtores de tabaco serão atendidos a partir do dia 1° de junho
Por:
326 acessos

Depois de ser temporariamente suspenso por conta da Pandemia de COVID-19, o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos retoma as atividades no dia 1° de junho. Com o retorno das ações, serão atendidos 23 municípios da Região Centro Serra do Rio Grande do Sul que constavam no roteiro cancelado em função da pandemia.

Na próxima segunda-feira, o recebimento acontece em sete localidades de Passa Sete. No dia 2, as equipes percorrem outras quatro comunidades do município e circulam ainda em quatro localidades de Sobradinho. Para o dia 3, a coleta continua em quatro pontos de Sobradinho e em três locais no município de Segredo. Já de 8 a 10 de junho, o recebimento percorre outras dez localidades de Segredo e os pontos de coleta em Ibarama e Lagoa Bonita do Sul.

A partir de 15 de junho, a coleta de recipientes vazios continuará em mais três localidades de Lagoa Bonita do Sul e atenderá também os produtores de Arroio do Tigre, Estrela Velha e Salto do Jacuí, Tunas, Lagoão, Jacuizinho, Campos Borges, Herveiras e Sinimbu. De 2 a 7 de julho será a vez de Gramado Xavier, Canudos do Vale e Forquetinha. Em Barros Cassal a coleta vai de 8 a 14 de julho; na sequência, as equipes abrangerão os produtores de Marques de Souza, Progresso, Travesseiro e Boqueirão do Leão, encerrando o roteiro no município de Sério, no dia 22 de julho.

Segundo o coordenador do programa, Carlos Sehn, a pausa foi necessária para adequação das equipes de trabalho às novas regras de distanciamento social, bem como para a comunicação aos produtores que devem comparecer aos pontos de coleta fazendo uso de máscara facial. “As equipes da Agrovete, empresa terceirizada que realiza a coleta das embalagens, adotarão todos os procedimentos de segurança definidos pelas autoridades de saúde, como a sinalização de distanciamento e disponibilização de álcool em gel para a higienização das mãos dos produtores. Os técnicos das empresas de tabaco estarão nos pontos de coleta para auxiliar e orientar os produtores em relação aos cuidados a serem observados”, destaca Sehn.

O roteiro completo está disponível no site do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) que promove a ação em parceria com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). Prestes a completar 20 anos, em outubro, o programa contribui para a preservação do meio ambiente e da saúde e segurança do produtor e sua família. Acesse o roteiro completo

Saiba mais

  • O Programa é anterior à legislação que determina a devolução das embalagens às suas respectivas origens. Criado no ano 2000, antecedeu o Decreto 4.074, de 04 de janeiro de 2002.
  • Beneficia 120 mil produtores, com comodidade e segurança na devolução dos recipientes em pontos de coleta localizados próximos de suas propriedades.
  • Cerca de 2 mil pontos de coleta em localidades rurais dos municípios produtores de tabaco do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina são visitados anualmente. No Paraná, iniciativas semelhantes realizadas pelas centrais locais são apoiadas pelas empresas associadas ao SindiTabaco.
  • Em 19 anos, já foram coletadas mais de 16,5 milhões de embalagens;
  • Quem adere ao programa e entrega as embalagens tríplices lavadas, ganha recibos, fundamentais para apresentação aos órgãos de fiscalização ambiental.
  • Mais de 90% das embalagens são recicladas e usadas na produção de outros produtos, principalmente na construção civil, como rodas e caçambas para carriolas e conduítes corrugados, caixas de descarga para sanitários e tubulações para esgoto sanitário, entre outros.
     

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink