Programação de dia de campo terá espaço para adequação ambiental

Dia de campo

Programação de dia de campo terá espaço para adequação ambiental

Diferentes estratégias para adequação ambiental por meio da recomposição florestal serão apresentadas em Dia de Campo
Por:
44 acessos

As diferentes estratégias para adequação ambiental por meio da recomposição florestal serão apresentadas em uma das quatro estações principais do 8º Dia de Campo sobre Sistemas Integrados de Produção Agropecuária que a Embrapa e o Senar realizam nos dias 19 e 20 de abril na Embrapa Agrossilvipastoril, em Sinop (MT).

A apresentação da estação será dívida em duas partes. Na primeira delas o pesquisador da Embrapa Cerrados José Felipe Ribeiro fará uma introdução sobre as pesquisas e ações de transferência de tecnologia para fins de regularização ambiental de propriedade rurais que já existem na Embrapa. O foco será nas Áreas de Preservação Permanente (APPs) e reservas legais.

Na segunda parte, o pesquisador Ingo Isernhagen  e o analista Diego Antonio, ambos da Embrapa Agrossilvipastoril, abordarão diferentes estratégias de restauração. Para isso, haverá uma área demonstrativa onde os participantes poderão acompanhar o desenvolvimento inicial das plantas.

 “Nós temos um plot instalado em janeiro com o qual mostraremos e falaremos sobre o plantio de mudas, semeadura direta em área total, semeadura direta em sulcos e regeneração natural. Além de destacar a importância de se fazer o enriquecimento florístico dos fragmentos florestais”, explica Ingo Isernhagen.

De acordo com o pesquisador, a abordagem feita no dia de campo será um complemento ao curso sobre adequação ambiental que será realizado pela Embrapa e Secretaria Estadual de Meio Ambiente nos dias 16,17 e 18 de abril na própria Embrapa. O curso é destinado a técnicos e profissionais da área de adequação ambiental e já está com as vagas esgotadas.

Os diferentes métodos de restauração de reserva legal são objetos de uma pesquisa realizada desde 2012 pela Embrapa Agrossilvipastoril. Cinco áreas ensaios foram montados em diferentes regiões, como Canarana, Campo Novo do Parecis, Guarantã do Norte, Sinop e Vilhena (RO). Em cada um deles são testadas técnicas com plantio de mudas com e sem exóticas, semeadura direta, semeadura a lanço e regeneração natural.

Dia de campo

Em sua 8ª edição, o Dia de Campo sobre Sistemas Integrados de Produção Agropecuária será realizado pela primeira vez em dois dias. Em ambos a programação será idêntica, possibilitando aos participantes optarem por um dos dois dias. A mudança visa reduzir o número de pessoas em cada grupo, melhorando a experiência do público.

Além da adequação ambiental, a programação contará com outras três estações principais, nas quais todos os participantes terão a oportunidade de passar. Nelas serão abordados temas como a pecuária leiteira na integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), resultados da pecuária de corte em diferentes configurações de ILPF e opções de consórcios para segunda safra.

Haverá ainda quatro estações satélites, nas quais os participantes poderão escolher uma para acompanhar a apresentação. Entre os temas abordados estarão sistema produtivo com algodoeiro, pulses, cultivares de forrageiras BRS e tecnologia no campo com softwares, aplicativos e drones.

Inscrições

As inscrições antecipadas para o dia de campo podem ser feitas até terça-feira, dia 17, no site www.embrapa.br/agrossilvipastoril/dia-de-campo. Ao preencher o formulário, o interessado deverá fazer a opção pelo dia em que irá ao evento.

No caso de caravanas de estudantes e produtores que se organizarem para participar, é preciso entrar em contato antecipadamente com a comissão organizadora, pelo e-mail agrossilvipastoril.eventos@embrapa.br, informando o dia de preferência da participação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink