Programas estimulam setor de máquinas agrícolas
CI
Agronegócio

Programas estimulam setor de máquinas agrícolas

O avanço da produção de grãos nos países da América do Sul deu novo ritmo às indústrias
Por:

Em relação à produção de máquinas agrícolas, houve um acréscimo de 11,1% em julho em relação a junho, subindo para 8.544 unidades. Na comparação com um ano antes, a alta foi de 53%. No acumulado de janeiro a julho deste ano, houve um crescimento de 54% na produção de máquinas agrícolas, totalizando 52.356 unidades. A Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) projeta um crescimento de 24% na produção de máquinas agrícolas em 2010, o que corresponde a 68 mil unidades. Mas o número deve ultrapassar essa estimativa. De acordo com os especialistas, o avanço da produção de grãos nos países da América do Sul deu novo ritmo às indústrias de máquinas agrícolas nesta safra.

O gerente comercial da Agrale, Jacir Smaniotto, esteve na 38ª Exposul, em Rondonópolis. Segundo ele, os programas de incentivos fiscais do governo Federal, como o Mais Alimentos, destinado a agricultura familiar; e o Programa de Sustentação do Investimento (PSI), voltado aos produtores empresariais; estão sendo fundamentais para o aumento da comercialização de máquinas agrícolas no país. O representante da indústria avalia, contudo, que estes programas ainda não estão beneficiando Mato Grosso, pois os produtores da agricultura familiar no Estado não estão buscando os programas e são em menor número do que os das regiões Sul e Sudeste.

Estes incentivos, que reduzem os juros de 9,5% ao ano para 4,5%, acabariam na metade de 2010. Mas o governo aceitou prorrogar até 31 de dezembro, a taxa foi corrigida para 5,5% a partir do segundo semestre. No caso do Mais Alimentos, iniciativa que sustentou a atividade das indústria de tratores na fase mais aguda da crise, um aumento nos limites de financiamento e no teto da renda framíliar habilitada a tomar o crédito está sendo pleiteado pelos empresários. Para Smaniotto, a manutenção dos juros reduzidos é fundamental para o aumento e a renovação da frota brasileira de máquinas agrícolas.

A direção da Anfavea ressalta que os incentivos do governo estão ajudando a manter os números positivos no segmento agrícola, principalmente o Programa de Aquisição de Tratores por pequenos produtores que colocou no mercado cerca de 20 mil novas unidades.

Outro representante da indústria que esteve no evento em Rondonópolis foi Marcus Van Den Mosselaar, da Stara, fabricante de implementos agrícolas, entre eles carretas, distribuidores de sementes e fertilizantes, niveladores de solo, plaina agrícola, plataforma de milho e pulverizadores. De acordo com o fabricante, o setor de implementos também acompanha o bom momento das máquinas agrícolas. "A Stara completa 50 anos e foi apontada pela edição 2010 da revista Exame Melhores e Maiores, como a melhor indústria de máquinas, equipamentos e ferramentas do setor de agronegócio, além de forte fabricante de tecnologia de agricultura de precisão".


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink