Projeção de estabilidade nos lácteos

Agronegócio

Projeção de estabilidade nos lácteos

Captação de leite caiu apenas 2% em 30 dias no RS
Por:
846 acessos
Indústrias e produtores voltam a se reunir no Conseleite RS na próxima semana, na Capital, para homologar o preço de referência do leite padrão de janeiro e fazer a projeção para fevereiro. O valor serve como indexador para os negócios no Estado. A previsão do preço referência padrão para janeiro é de R$ 0,6138, praticamente o mesmo de dezembro, que foi de R$ 0,6117. Nos últimos três meses, esse valor subiu 3,70%.

De acordo com o presidente do Conseleite, Elton Weber, apesar do período de histórica queda de consumo, os preços estão estáveis com perspectiva de elevação com a entressafra a partir de março. O presidente do Sindilat, Carlos Feijó, prevê um mercado interno ajustado neste primeiro semestre, mesmo após o começo do vazio forrageiro.

A projeção baseia-se nos atuais níveis de produção. Nos últimos 30 dias, a queda na captação foi de apenas 2%, o que permitiu processamento de 8,5 milhões de litros/dia. Os dados confirmam que a estiagem não afetou o desempenho estadual, pois as regiões representam 6% da produção. Feijó acrescenta que a alta de preços externos não interfere diretamente no mercado doméstico, mas dá sustentação ao cenário interno para os lácteos.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink