Projeções indicam o padrão irregular das chuvas
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Projeções indicam o padrão irregular das chuvas

A semana tem início com a manutenção das pancadas de chuvas sobre o Brasil
Por: -Aline Merladete

A semana (24/01) inicia com a manutenção do padrão das chuvas sobre grande parte das áreas produtoras do país. Ainda são esperadas instabilidades, na sua grande maioria, de forma isolada, mal distribuída e na forma de temporais de verão. Por outro lado, o tempo com uma melhor distribuição das chuvas poderá ocorrer sobre algumas áreas do Matopiba. Mas vale destacar que, não há uma perspectiva de tempo fechado sobre a região, assim ainda há boas janelas de trabalho no campo. 

A expectativa no decorrer da semana fica para o avanço de uma frente fria entre quarta (26) e quinta-feira (27) que poderá trazer chuvas mais abrangentes para o sul do país e diminuir o calor que atinge o centro-sul do território nacional.

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Confira a plataforma completa de mapas aqui.
Saiba  a previsão para a sua cidade aqui.

Região Norte
As instabilidades são fortalecidas em praticamente todas as áreas da região, isso por conta dos ventos que trazem uma maior quantidade de umidade do oceano. Somado à essa umidade oceânica, o forte calor e a umidade típica da região favorecem o surgimento de nuvens muito carregadas. As projeções indicam que as chuvas mais volumosas se concentram na metade oeste do PA e sudeste do AM. Sobre o AC, RO, TO a tendência também indica a possibilidade de chuvas volumosas, mas de maneira mais irregular. Porém, sobre a metade leste de RR a previsão aponta para um dia com o predomínio de tempo firme e seco.

Região Nordeste
A segunda-feira terá a manutenção das instabilidades sobre grande parte das regiões produtoras da região, sobretudo no oeste da BA, MA e PI. No norte da BA e áreas entre PE, SE e AL também há uma boa perspectiva para chuvas no decorrer do dia, até mesmo com algumas projeções indicando volumes próximos dos 30 mm. Por outro lado, entre o CE e RN a tendência será de um tempo mais seco. 

Região Centro-Oeste
O calor aumenta gradativamente em praticamente todas as regiões do centro-oeste, bem como as chuvas que poderão ocorrer em praticamente todas as áreas. Contudo, a distribuição dessas instabilidades ocorre de forma irregular e pontual. As projeções indicam que os maiores volumes se concentram no extremo norte do MT, ao passo que nas demais regiões essas instabilidade serão mais brandas e esparsas. 

Região Sudeste
A forte onda de calor, continuará atuando sobre a metade sul do sudeste, possibilitando assim a formação de temporais de verão em grande parte de SP e sul de MG. Entretanto, uma massa de ar seco atua sobre MG, RJ e ES diminuindo assim as condições para chuvas nessas regiões. Porém os ventos oceânicos dão condições para o registro de chuvas rápidas, fracas e isoladas sobre o ES. Vale destacar que no Vale do Paraíba, as chuvas poderão surpreender no quesito intensidade, por conta dos elevados índices que medem o grau dessas instabilidades. 

Região Sul
A permanência de uma área de alta pressão sobre a região, impede o avanço das chuvas que acontecem sobre a Argentina e Uruguai sobre o sul do país. Por outro lado, devido ao forte calor, qualquer perturbação e umidade na atmosfera é o suficiente para formar as nuvens carregadas. E este cenário é o que vai predominar o tempo sobre a região nesta segunda-feira. São esperadas pancadas de chuvas isoladas e mal distribuídas sobre a metade oeste do PR, SC e em grande parte do RS. Em alguns momentos essas chuvas poderão ser localmente fortes e gerar acumulados expressivos em curtos períodos de tempo.

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva

Temperatura Máxima

Umidade Mínima


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.