Projeto apoiado pela Emater incentiva produção de grãos agroecológicos em Anápolis
CI
Imagem: Divulgação
AGRONEGÓCIO

Projeto apoiado pela Emater incentiva produção de grãos agroecológicos em Anápolis

Produção se dá sem utilização de sementes transgênicas, defensivos e adubos químicos

O projeto de Produção de Grãos em Sistema Agroecológico se iniciou em 2019, a partir de parceria estabelecida entre o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agroécuária (Embrapa), unidade Arroz e Feijão, e a Associação de Produtores Agroecológicos de Anápolis e Região (Aproar). Através da Emater, técnicos da Embrapa entraram em contato com produtores, propriedades e o trabalho desenvolvido na Feira Agroecológica (FeAgro). Eles consideraram que o ambiente possuía as condições adequadas para implantação do projeto e, desta forma, a colaboração se constituiu.

Após as reuniões necessárias ao estabelecimento das parcerias com as entidades envolvidas e a seleção de produtores, foram iniciadas as fases de campo, com a inserção de áreas com adubação verde (crotalária, feijão Guandu e milheto), visando posterior cultivo de feijão. Todo o processo se deu pelo sistema agroecológico, ou seja, sem utilização de sementes transgênicas, defensivos e adubos químicos prejudiciais ao meio ambiente e a saúde dos consumidores.

O objetivo do projeto é promover a inserção da produção de grãos em sistema agroecológico em uma comunidade de agricultores familiares de Anápolis e região. Foram disponibilizadas informações sobre práticas e tecnologias produzidas na Fazendinha Agroecológica da Embrapa, prontas para adoção pelos produtores da Aproar. O plantio de grãos nas propriedades ocorreu por meio de tecnologia para cultura de milho verde e feijão. As áreas utilizadas se encontravam em pousio (descanso), após cerca de três anos de cultivo com hortaliças.

Segundo o engenheiro agrônomo da Emater, Álvaro Gonçalo Rodrigues, o plantio do feijão foi considerado um enorme sucesso. “O nosso produtor de Gameleira de Goiás, o Edson, ficou muito animado e está plantando novamente, em área maior para comercialização normal na nossa feira agroecológica. A aceitação do consumidor foi excelente.” Recentemente também foi iniciado o plantio do arroz por parte dos produtores.

A Feira Agroecológica onde os produtos são comercializados completou 6 anos em Janeiro deste ano. Ela ocorre às terças-feiras, das 16h às 19h, no Feirão Coberto do Bairro Jundiaí, em Anápolis. Anteriormente, a feira era realizada no Parque Ambiental Ipiranga, que esteve interditado devido à pandemia de coronavírus.

Na primeira safra foram utilizadas seis cultivares de feijão para avaliar o comportamento produtivo nas áreas plantadas, com o manejo mais próximo possível daquele que o agricultor já estava acostumado. Todos os tratos culturais foram aplicados de acordo com as recomendações para produção orgânica.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink