Projeto da comercialização de maçã no RS alcança bons resultados

Agronegócio

Projeto da comercialização de maçã no RS alcança bons resultados

Reconhecimento, incremento nas vendas e aumento no retorno para os produtores foram os resultados da ação
Por: -Admin
1 acessos

Sucesso é a palavra que pode definir o resultado do projeto-piloto que, recentemente, possibilitou que o consumidor encontrasse uma maçã diferente nas gôndolas de 16 supermercados gaúchos, nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha, Caxias do Sul, Gramado e Vacaria. Não se trata de uma variedade inédita, mas de uma maçã produzida dentro do Sistema de Produção Integrada, que pode ser identificada pelos consumidores por apresentar o selo e o nome de fantasia do Sistema na própria fruta (PIN), além de estar acondicionada na caixa do produtor. A iniciativa integrou a etapa inicial do projeto-piloto, coordenado pela Embrapa Uva e Vinho, que tem o intuito de divulgar a qualidade e a segurança das frutas produzidas pela produção integrada e, conseqüentemente, estimular o seu consumo e a sua comercialização.

A ação-piloto foi realizada de 14 de março a 13 de maio deste ano, e foi avaliada no final do mês de maio pelas entidades parceiras do projeto, Embrapa Uva e Vinho, Embrapa Clima Temperado, supermercados Apolo e Super Cesa, Rasip Agropastoril, Sebrae/RS, Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial (Inmetro) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Durante a reunião de avaliação, foram apresentados os dados de pesquisa realizada junto a 400 consumidores, que apurou que 77% dos entrevistados não conheciam este sistema de produção. Além disso, indicou que 63% dos consumidores estão dispostos a pagar mais pela garantia de qualidade e de ausência de agrotóxicos e 62% consideram importante saber de onde veio e como foi produzido o fruto. Um outro dado interessante é que 98% dos entrevistados têm confiança nas entidades envolvidas. Foi levantado também que os entrevistados consideram importante existir a certificação dos produtos. Todas as sugestões colhidas indicaram o desejo da identificação e certificação de outras frutas além da maçã. Dos entrevistados, 12% estavam comprando pela segunda vez; destes, 96% perceberam diferença no sabor da fruta.

Os parceiros também estão animados com o resultado do projeto-piloto. A rede Apolo/Super Cesa obteve incremento significativo nas vendas. Para a empresa fornecedora da maçã, a Rasip Agropastoril, o projeto-piloto também foi um sucesso. Além de receberem um aumento de 10% no valor da fruta certificada, superaram as expectativas de venda. “A nossa previsão era comercializar 5 mil quilos no primeiro mês, mas, para a nossa surpresa, atingimos 12 mil quilos no período”, aprova o coordenador comercial da empresa, Claudiomar R. Basso.

Para o coordenador da Produção Integrada da Cadeia Agrícola do Mapa, Luiz Carlos Bhering Nasser, a relevância do projeto é a identificação da fruta certificada pelos consumidores, ao mesmo tempo em que destaca o pioneirismo da iniciativa. “A produção integrada começou há mais de dez anos, com a maçã; hoje, já são 38 projetos, que incluem, além de frutas, cereais e carne bovina, mas o da maçã é o mais adiantado”.

Conforme o representante da rede Cesa, Enio Lazzaron, o futuro da Pin, que está sendo articulado entre as redes de supermercados na busca de novos fornecedores. “Os supermercados têm interesse em novas parcerias para poderem comercializar mais frutas com o selo do sistema de produção. Entre elas, deverão estar em curto prazo a manga, o mamão e a uva de mesa, o pêssego e o morango”. Esta expansão deverá ocorrer até o final do ano, mas já neste mês passarão a ser encontradas nas gôndolas também maçãs Fuji, na primeira fase do projeto-piloto foram comercializadas maçãs da variedade Gala, com o selo “Pin”. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Uva e Vinho.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink