Projeto estuda o efeito inseticida do cipó no Acre
CI
Agronegócio

Projeto estuda o efeito inseticida do cipó no Acre

Entre as pesquisas está o efeito inseticida do cipó "kangàrà kanê" (Tanaecium nocturnum), planta popularmente conhecida como cipó vick, encontrada em abundância no no estado
Por:
A Reserva Extrativista (Resex), Cazumbá-Iracema, nos municípios de Sena Madureira e Manoel Urbano/AC, é área de pesquisas sobre conservação e uso sustentável da biodiversidade. Os estudos se realizam por meio de parceria entre o Programa Biodiversidade Brasil-Itália (PBBI), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e a unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, no Acre.

Entre as pesquisas está o efeito inseticida do cipó "kangàrà kanê" (Tanaecium nocturnum), planta popularmente conhecida como cipó vick, encontrada em abundância no no estado. O talo triturado do cipó vem sendo testado no milho armazenado, com grande eficiência, como inseticida natural no controle do gorgulho (Coleoptera curculionidae), a mais agressiva praga que infesta os grãos.

Além do cipó vick, a pesquisa envolve o manejo de plantas medicinais e conservação de variedades de mandioca.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.