Projeto fortalece a vitivinicultura em Pinhalzinho

Agronegócio

Projeto fortalece a vitivinicultura em Pinhalzinho

O Sebrae/SC renovou no mês de dezembro o contrato do projeto de vitivinicultura com o NVA – Núcleo de Vitivinicultores da Acip
Por:
464 acessos

O Sebrae/SC renovou no mês de dezembro o contrato do projeto de vitivinicultura com o NVA – Núcleo de Vitivinicultores da Associação Comercial e Industrial de Pinhalzinho (Acip). A iniciativa integra o Programa de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET) e visa melhorar a qualidade dos vinhedos, além de produção de vinho e vinagre nos municípios de Pinhalzinho, Serra Alta, Modelo, Nova Erechim e Águas Frias. As ações incluem consultorias individuais e coletivas para aplicação de modernas técnicas de cultivo e processamento de uvas, bem como adequação aos padrões exigidos pelos órgãos fiscalizadores.

Atualmente, o Núcleo conta com 15 produtores engajados com a melhoria do setor. A coordenação do Núcleo para 2017 foi eleita neste mês e é formada pelos seguintes produtores: Vilson Savagnago (coordenador), Leandro Simioni (vice-coordenador) e João Batista Brancher (tesoureiro).

Savagnago realça que as atividades estão bem encaminhadas para 2017. “Há três anos temos orientação do Sebrae/SC e o nosso principal objetivo no ano que vem é atingir uma alta qualidade, o que possibilitará obter a legalização total de nossos vinhos. Receberemos orientações no período de fevereiro a março e, em seguida, nos dedicaremos a essa legalização. Esperamos, além de participar, conseguir algum prêmio de qualidade nas pesquisas que são realizadas anualmente entre produtores de vinhos”.

O vitivinicultor Moacir Erthal, que transmite o cargo para Savagnago, enfatiza a evolução nas propriedades oportunizada pelas consultorias e treinamentos do Sebrae/SC. “Não tem como mensurar os expressivos resultados que obtivemos. Antes, nosso modelo de produção era defasado. Não utilizávamos técnicas modernas para melhoria da qualidade dos produtos. Importante destacar, ainda, o carisma especial e o profissionalismo do consultor credenciado ao Sebrae/SC, Gilson Panceri, no desenvolvimento de reuniões, palestras e consultorias técnicas”.

Erthal conta que neste ano produziu 9.500 litros de vinho. “Com a boa classificação que conquistei nos concursos de vinho em 2016 comercializei todas as unidades e cheguei ao final do ano sem vinho”, comemora o produtor que, na premiação local, obteve a classificação ouro na categoria vinho branco de mesa e prata na categoria vinho bordô. No concurso regional ele obteve ouro na categoria branco de mesa.  “O próximo passo é investir na produção de vinhos finos”, antecipa.  

O coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, ressalta que o  apoio à qualificação dos produtores possibilita prepará-los para a adequação aos requisitos de boas práticas de produção do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink