Projeto inclui farinha de arroz na merenda de escolas no RS

Agronegócio

Projeto inclui farinha de arroz na merenda de escolas no RS

A farinha de arroz pode se tornar uma realidade na merenda gaúcha
Por: -Giuliano
48 acessos

A inclusão da farinha de arroz na merenda escolar pode se tornar uma realidade no Rio Grande do Sul. Um projeto de lei do deputado Rossano Gonçalves (PDT) tramita na Assembléia Legislativa e prevê a utilização preferencial de produtos elaborados a partir da farinha de arroz. Se aprovado, o projeto entrará em vigor nas escolas da rede pública estadual, que atendem a mais de 800 mil alunos do ensino fundamental.

Para o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Maurício Fischer, o projeto é positivo para a cadeia produtiva do cereal. “A meta do Instituto é reduzir os excedentes de arroz através da utilização dos derivados e, conseqüentemente, melhorar a renda do produtor”, conclui Fischer. Os alimentos produzidos com o arroz proporcionam dieta diária com mais nutrientes, especialmente importante nas fases de desenvolvimento e crescimento dos alunos.

Entre os benefícios para a saúde, o arroz não contém glúten e é importante fonte de minerais e vitaminas. Além disso, auxilia na prevenção de doenças do sistema digestivo, do coração e no tratamento de diabetes. A farinha de arroz pode ser utilizada na elaboração de massas e biscoitos e em pães substitui parcialmente a farinha de trigo em cerca de 30%. Segundo o deputado Rossano, a lei deverá diminuir as importações de trigo e melhorar a renda dos arrozeiros gaúchos.

O Irga já realizou diversos seminários e treinamentos de merendeiros em mais de 50 municípios do Estado. A proposta apresentada pelo Instituto é semelhante à adotada em Florianópolis. Na capital catarinense, todas as escolas municipais que atendem cerca de 25 mil alunos, utilizam macarrão e biscoitos de farinha de arroz.

O projeto de lei foi protocolado na Superintendência Legislativa e segue em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça, seguindo para o plenário onde será votado pelos deputados. O Estado é o maior produtor de arroz do Brasil, sendo que na safra 2006/07 foram produzidas 6,3 milhões de toneladas em solo gaúcho. As informações são da assessoria de imprensa do Irga


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink