Projetos de irrigação avançam em Goiás

Agronegócio

Projetos de irrigação avançam em Goiás

De 2006 a 2010 foram investidos R$ 73,31 milhões nos dois principais projetos públicos
Por:
3137 acessos

Agecom - Os plantios irrigados avançaram muito nos últimos cinco anos em Goiás. Em 2005, a produção agrícola irrigada era desenvolvida em 145 mil hectares. Em 2010, já são mais de 200 mil hectares irrigados. O Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, continuou fazendo investimentos nos projetos públicos de irrigação.

De acordo com levantamento da Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento – Seplan, de 2006 a 2010 foram investidos R$ 73,31 milhões nos dois principais projetos públicos de irrigação. Em Luís Alves do Araguaia foram aplicados R$ 14,555 milhões na sistematização de outros mil hectares, que já estão produzindo arroz irrigado e outras culturas. Essa área, somada à primeira que já está pronta, totaliza 2.870 hectares irrigados em Luís Alves.

Já no Projeto Flores de Goiás, os investimentos somaram R$ 58,75 milhões nos últimos cinco anos. Foram construídos mais 3 quilômetros do canal principal e o vertedouro complementar da barragem do Rio Paranã. No projeto são cultivados mil hectares de arroz irrigado e fora da área específica do projeto. Mas em consequência da regularização da vazão do Rio Paranã na seca, produtores independentes cultivam até 6 mil hectares de arroz irrigado ao longo das margens do Paranã.

A Seplan explica que, com a reserva de água do Projeto Flores de Goiás durantes o período chuvoso é possível manter uma vazão de até 20 metros cúbicos por segundo na seca, garantindo água para irrigar as lavouras de arroz. Antes da barragem, isso não era possível, porque na seca a vazão do Rio Paranã caía muito e não se conseguia bombear água para as lavouras.

Mais informações: (62) 3201-7810

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink