Proposto o fim de barreiras para produto orgânico

Agronegócio

Proposto o fim de barreiras para produto orgânico

Por:
6 acessos
As negociações entre União Européia e Mercosul e as conversas para destravar os impasses agrícolas na Organização Mundial do Comércio (OMC) podem ganhar algum impulso a partir de uma ousada proposta feita ontem, pelos governos de Brasil e Alemanha, na abertura da feira alemã Biofach 2005: o fim de tarifas e barreiras sobre as exportações de produtos orgânicos em todo o mundo.


Em discursos no maior encontro de produtores de alimentos orgânicos do mundo, em Nuremberg, o ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, e a ministra alemã da Alimentação e Proteção ao Consumidor, Renate Künast, anunciaram que a proposta será discutida pelo chanceler Gerhard Schröeder durante sua visita ao presidente Lula, em outubro. Furlan quer transformar a ação numa proposta conjunta do G-20, grupo dos maiores países em desenvolvimento. "Pode ser o link que faltava entre o comércio justo e o livre trânsito de mercadorias que buscamos tanto nas relações com a Europa como nas negociações da OMC". Renate Künast, do Partido Verde, aceitou o desafio: "Fizemos cortes na política de subsídio e temos que dar um prêmio aos produtos orgânicos, que nada têm a ver com ideologia, mas com a urgente necessidade de levar o conceitos de ecologia ao comércio", disse.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink