Prorrogada emergência por Helicoverpa armigera no Piauí

Agronegócio

Prorrogada emergência por Helicoverpa armigera no Piauí

Medida possibilita uso do benzoato de emamectina
Por: -Leonardo Gottems
2404 acessos

Está prorrogado por mais um ano, a partir do próximo dia 6 de Dezembro, o Estado de Emergência Fitossanitária em função do surto de Helicoverpa armigera no Estado do Piauí. A decisão consta na Portaria Nº 255 (de 23 de Novembro de 2016), de autoria do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e publicada do Diário Oficial de 30.11 (nº 229, Seção 1, pág. 7). 

O Estado de Emergência possibilita a utilização de produtos à base de benzoato de emamectina para o controle da praga nas lavouras. O princípio ativo não é registrado no Brasil, mas foi aurtorizado em caráter provisório através deste despacho assinado pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi. 

A decisão abrange os municípios piauienses de Alvorada do Gurgéia, Antonio Almeida, Baixa Grande do Ribeiro, Barreiras do Piauí, Bom Jesus, Corrente, Cristalândia do Piauí, Currais, Gilbués, Guadalupe, Jerumenha, Landri Sales, Marcos Parente, Monte Alegre do Piauí, Palmeira do Piauí, Piracuruca, Porto Alegre do Piauí, Regeneração, Redenção do Gurgeia, Ribeiro Gonçalves, Santa Filomena, São Gonçalo do Gurgéia, Sebastião Barros, Sebastião Leal e Uruçui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink