Proteína aumenta rendimento de arroz em 50%
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PESQUISA

Proteína aumenta rendimento de arroz em 50%

A cultura pode prosperar em arrozais inundados
Por: -Leonardo Gottems

Em colaboração com pesquisadores da Nanjing Agricultural University, o Dr. Tony Miller do John Innes Center desenvolveu plantações de arroz com uma capacidade aprimorada de controlar seus próprios níveis de pH, permitindo-lhes absorver significativamente mais nitrogênio, ferro e fósforo de solo e aumentar a produção em até 54%. O arroz é uma cultura importante, alimentando quase 50% da população mundial e manteve a capacidade de sobreviver em condições ambientais mutáveis. 

A cultura pode prosperar em arrozais inundados, onde as condições anaeróbicas úmidas favorecem a disponibilidade de amônia, bem como em solos muito mais secos e drenados, onde mais oxigênio significa mais nitrato disponível. Os fertilizantes nitrogenados representam um custo significativo no cultivo de muitos cereais e seu uso excessivo tem um impacto ambiental negativo, dizem os pesquisadores. 

O nitrogênio de que todas as plantas precisam para crescer normalmente está disponível na forma de nitrato ou íons de amônio no solo, que são absorvidos pelas raízes das plantas. Para a planta, é muito importante alcançar o equilíbrio correto de nitrato e amônio: muito amônio e as células vegetais tornam-se alcalinas; muito nitrato e eles se tornam ácidos. De qualquer forma, perturbar o equilíbrio do pH significa que as enzimas da planta não funcionam tão bem, afetando a saúde da planta e o desempenho da cultura. 

Junto com parceiros em Nanjing, China, a equipe do Dr. Miller tem trabalhado em como as plantas de arroz podem manter o pH nesses ambientes em mudança. O arroz contém um gene chamado OsNRT2.3, que cria uma proteína envolvida no transporte de nitrato. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink