Proteína do leite é a mais barata para o consumidor
CI
Agronegócio

Proteína do leite é a mais barata para o consumidor

Estudo da Leite Brasil comparou o preço pago por diferentes alimentos de origem animal que contêm o importante nutriente
Por:
Estudo da Leite Brasil comparou o preço pago por diferentes alimentos de origem animal que contêm o importante nutriente

A proteína do leite de vaca é a mais barata entre as de origem animal. Esse é o resultado de um estudo feito pela Associação Leite Brasil, que comparou os valores de diversos alimentos que contêm esse nutriente. O valor pago a cada 100 gramas de leite é de R$ 0,28.


A proteína de carne bovina é a mais cara, custando R$ 2,18 por cada 100 gramas. Em segundo lugar vem o peixe, com o valor de R$ 2,17 por 100 gramas. Na sequência estão a carne suína (R$ 1,09), de frango (R$ 0,56) e os ovos (R$ 0,41).

De acordo com Jorge Rubez, presidente da Leite Brasil, “todos os produtos de origem animal são importantes para a saúde humana, mas o leite é a opção mais econômica”.

O levantamento da Leite Brasil utilizou como base a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco) e o preço pago pelo consumidor na pesquisa de novembro/2011 do Instituto de Economia Agrícola (IEA), na cidade São Paulo.




Benefícios da proteína

A importância da proteína para o ser humano é amplamente difundida pelos profissionais de saúde. O nutriente fornece aminoácidos para a formação, o crescimento e a manutenção de músculos, ossos, pele, vasos sanguíneos e órgãos. Também são importantes na formação de anticorpos e de hormônios.


Segundo a nutricionista Simone Biacchi Prass, os alimentos de origem animal são os mais ricos em proteína. “O leite e o ovo possuem proteína de melhor qualidade entre todos. Outras fontes são as carnes em geral – vermelha, aves e peixes – e os derivados do leite, exceto a manteiga, que é classificada como gordura”, explica.


O Ministério da Saúde recomenda o consumo diário de três porções de leite e derivados e uma porção de carne, ave, peixe ou ovo. “Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos ainda mais saudáveis”, comenta Simone.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.