Proteínas em duelo moldam as plantas
CI
Imagem: Pixabay
DESCOBERTA

Proteínas em duelo moldam as plantas

Descoberta pode resultar em plantas mais produtivas
Por: -Leonardo Gottems

Em um novo artigo publicado na Nature Communications, a bióloga Doris Wagner do College of Arts and Sciences e seus colegas identificaram algumas das maquinações de bastidores que levam a essas variações na arquitetura das plantas. Wagner e sua equipe, há muito tempo estão interessados em traduzir essas informações ambientais em características físicas, têm estudado dois grupos principais de proteínas que influenciam a forma da planta e o momento das transições de desenvolvimento. 

As proteínas Terminal Flower 1 (TLF1) promovem a ramificação. Quando reprimidas, as flores crescem. As proteínas do Locus T (FT) de floração, por outro lado, promovem a floração em resposta a sinais sazonais, como a duração do dia. Curiosamente, as duas proteínas são quase idênticas. 

“Esses dois elementos são muito importantes”, diz Wagner. "Além da floração, eles estão envolvidos na tuberização de batatas, formação de bulbos em cebolas, formação de gavinhas em uvas, interrupção do crescimento em árvores, muitas coisas”, completa. 

Alguns argumentaram que a manipulação desses genes poderia levar à próxima 'revolução verde', já que uma planta que normalmente só floresce em longos dias de verão poderia teoricamente ser 'enganada' para florescer rapidamente e, portanto, produzir frutos ou sementes, no curto prazo. Ou, em uma área com uma estação de crescimento mais longa, a manipulação inteligente da arquitetura de crescimento por meio do FT poderia encorajar mais ramificações e, posteriormente, flores e frutos mais abundantes em muitos ramos. 

As plantas já foram cultivadas para reduzir a atividade de TFL1. Os horticultores de tomate podem conhecê-las como plantas determinantes, distribuindo todas as suas flores ao mesmo tempo, ao contrário da variedade indeterminada, que continua a se ramificar, florescer e frutificar por um período de meses. Plantas determinantes tornam a agricultura comercial mais eficiente, pois as frutas podem ser colhidas de uma vez, em vez de passadas repetidas. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink