Província chinesa discute intercâmbio de investimentos com Mato Grosso

Agronegócio

Província chinesa discute intercâmbio de investimentos com Mato Grosso

Ran Li Ping disse que MT é propício para um intercâmbio com a Província já que ela não tem agrobusiness de porte
Por:
1044 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Ran Li Ping disse que MT é propício para um intercâmbio com a Província já que ela não tem agrobusiness de porte

O intercâmbio de investimentos tendo a Agência Desenvolve MT como um agente de bancos chineses em Mato Grosso foi um dos pontos discutidos durante a passagem de representantes da Província de Shanxi, da China, no estado na última sexta-feira, 28 de outubro. Entre as "oportunidades" de negócios discutidos com o Governo do Estado pelos chineses estão termos de Cooperação Agrícola, Financeiro e de Turismo.

A reunião com a delegação da província chinesa de Shanxi envolveu equipes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e da Agência Desenvolve MT.

Entre as propostas apresentadas pelos representantes chineses está um estande gratuito na Shanxi Fair em setembro de 2017. A feira de negócios envolve mais de 180 convidados internacionais. Conforme o Governo do Estado, a iniciativa tem como intuito apresentar ao mercado chinês o potencial de Mato Grosso, além de abrir caminhos para as exportações dos produtos do país asiático, sem a necessidade de intermediários.

A diretora da Província Shanxi, Ran Li Ping, destacou que este primeiro encontro teve como objetivo aprimorar a ligação entre os dois Estados. 

De acordo com a Sedec, o encontro é um desdobramento da visita da equipe do governo central da China em Mato Grosso realizada em setembro.

Ran Li Ping pontuou que Mato Grosso é propício para um intercâmbio com a Província, uma vez que ela não possui agrobusiness de grande porte.

“Precisamos trabalhar mutuamente em cooperação para que se transformem em sucesso para os dois lados. Mato Grosso abastece o mercado brasileiro e parte do internacional. Toda história agrícola de Mato Grosso não tem mais de 30 anos e produzimos para alimentar o mundo, com a China como um dos grandes parceiros. É um Estado grande com muita capacidade de expandir sua produção”, salientou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyck.

Em setembro, Mato Grosso e a China firmaram compromisso para a promoção do comércio e investimentos no Estado, como o Agro Olhar já havia comentado. A intenção com a parceria é ampliar o leque de oportunidades de negócios entre os dois países, principalmente para os pequenos e médios empresários para que possam exportar diretamente para o país asiático sem a necessidade de passar por intermediários.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink