Publicado zoneamento agrícola para feijão 1ª safra, arroz de sequeiro e irrigado

Agronegócio

Publicado zoneamento agrícola para feijão 1ª safra, arroz de sequeiro e irrigado

A temperatura do ar influencia o crescimento, desenvolvimento e produtividade do arroz de sequeiro
Por:
488 acessos
O zoneamento agrícola para a cultura de arroz de sequeiro foi publicado, nesta terça-feira (30), no Diário Oficial da União (DOU). Foram contemplados os estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Piauí, Tocantins, Acre e Espírito Santo. No caso do arroz irrigado, as normas são para São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, foram estabelecidos os procedimentos para o plantio do feijão 1ª safra para a Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Tocantins e o Distrito Federal.

A temperatura do ar influencia o crescimento, desenvolvimento e produtividade do arroz de sequeiro. As melhores faixas para plantio variam entre 20°C e 35°C. No arroz irrigado, temperaturas abaixo de 20°C provocam retardamento de crescimento e redução dos brotos.

Confira a íntegra das portarias:


N° 108 - Arroz de sequeiro em Minas Gerais

N° 109 - Arroz de sequeiro em Mato Grosso do Sul

N° 111 - Arroz de sequeiro no Piauí

N° 112 - Arroz de sequeiro em Tocantins

N° 113 - Arroz de sequeiro no Acre

N° 114 - Arroz de sequeiro no Espírito Santo

N° 115 - Arroz irrigado em São Paulo

N° 116 - Arroz irrigado no Rio Grande do Sul

N° 117 - Feijão 1ª safra na Bahia

N° 118 - Feijão 1ª safra no Distrito Federal

N° 119 - Feijão 1ª safra no Espírito Santo 

N° 120 - Feijão 1ª safra em Goiás

N° 121 - Feijão 1ª safra em Minas Gerais

N° 122 - Feijão 1ª safra em Mato Grosso do Sul

N° 123 - Feijão 1ª safra em Mato Grosso

N° 124 - Feijão 1ª safra no Rio de Janeiro

N° 125 - Feijão 1ª safra em Tocantins

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink