Qualidade da carne é tema de curso em frigorífico


Agronegócio

Qualidade da carne é tema de curso em frigorífico

Por:
1 acessos

Industrialização do couro bovino é discutida na assembléia

A restrição à exportação do couro bovino produzido no Estado foi debatida ontem, dia 8, na Assembléia Legislativa por empresários, deputados e representantes do Governo. Estiveram presentes Cláudio Mendonça, diretor técnico do Sebrae/MS, Ademar da Silva Júnior, da Famasul e Rodolfo Vaz de Carvalho diretor da Acrissul, ambos membros do Núcleo Gestor da Cadeia da Carne.

Proposta pelo deputado Raul Freixes, a audiência pública tinha o objetivo de reunir subsídios para o projeto que visa proibir a saída do couro bovino do Estado, sem industrialização. “MS está perdendo R$ 500 milhões por ano, por não ter um curtume de finalização”, frisou. A intenção dele é incrementar a indústria calçadista, entre outras.

Para Ademar da Silva Júnior, um dos principais fatores para se concretizar industrias no Estado é a mão de obra. “Nós não possuímos o principal mercado consumidor e isto já é um ponto negativo, precisamos ter pelo menos mão de obra qualificada e nisto o Senar pode ser um diferencial para a industrialização”, afirmou.

Rodolfo Vaz de Carvalho ressaltou o trabalho do programa Cadeia da Carne já reconhecido fora do país e o colocou como exemplo para a sub cadeia do couro. Ele acrescentou que é importante constar na nota fiscal emitida para o produtor o que é carne e o que é couro em cada animal abatido. “A distinção seria um estímulo para o produtor que não tem com clareza do valor do seu animal” afirmou.

O Secretário de Produção do Estado, José Felício, lembrou que não basta o MS possuir a forte característica de produtor para atrair industrias, é necessário se considerar o mercado consumidor e a produção dos componentes complementares. Além disso, a qualificação da mão de obra e a melhor remuneração dos produtores são fundamentais para o desenvolvimento.

A audiência pública encerrou com o deputado Raul Freixes prometendo apresentar em duas semanas um projeto de lei na Assembléia Legislativa.

Fabiano Reis

ATENÇÃO JORNALISTAS para mais informações sobre a pauta

www.cadeiadacarnems.com.br ou 389-5442 e 389-5502

E-mail: cadeidacarne@ms.sebrae.com.br Data emissão: 09.04.2003

Produzido pela Assessoria de Comunicação Social

Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte de Mato Grosso do Sul, 2003

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink