Qualidade de grãos é tema de capacitação entre Emater/RS-Ascar e Cotricampo

Grãos

Qualidade de grãos é tema de capacitação entre Emater/RS-Ascar e Cotricampo

Com objetivo de melhorar a qualidade dos grãos e o serviço prestado no setor de recebimento e expedição de grãos
Por:
105 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Com objetivo de melhorar a qualidade dos grãos e o serviço prestado no setor de recebimento e expedição de grãos, a Cooperativa Tritícola Mista Campo Novo (Cotricampo), em parceria com a Gerência de Classificação e Certificação da Emater/RS-Ascar, oportunizou aos colaboradores um treinamento com foco na qualidade do trigo e do milho. A capacitação foi realizada nos dias 04, 05, 11 e 12 de dezembro junto à Cotricampo em Campo Novo, com apoio do Sescoop/RS. Participaram do treinamento gerentes, classificadores e responsáveis pela área de secagem de grãos de todas as unidades da Cotricampo.

A capacitação foi conduzida pelo chefe da Unidade de Classificação UCL da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa, Volnei Koche, e pelo assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Carlos Angonese, que trabalha na área de armazenagem há mais de 15 anos e coordena este curso também no Centro de Treinamento da Emater/RS-Ascar em Erechim (Cetre).

Segundo o presidente da Cotricampo, Gelson Bridi, ?a cooperativa está investindo pesado em treinamentos para seus colaboradores em todas as áreas em função das normas regulamentares e, em especial, na qualificação dos colaboradores responsáveis pelo recebimento e expedição dos grãos dos seus associados, visando à padronização nos processos, um melhor atendimento e garantia da qualidade dos grãos?. 

Conforme Koche, entre os objetivos específicos do treinamento estão o nivelamento e a padronização dos processos de recebimento e o beneficiamento do produto do associado com a correta avaliação, de acordo com padrões oficiais e as normas da cooperativa. Com isso, busca-se possibilitar que o produto chegue à indústria sem problemas, conforme contratado entre as partes. 

Na pauta do treinamento estão instruções oficiais do milho e trigo. Também há treinamento prático contemplando coleta de amostras, homogeneização, determinação de impurezas e matérias estranhas, determinação da umidade, identificação dos defeitos, peso hectolitro (Ph) e uso correto dos principais equipamentos. 

O engenheiro agrônomo Carlos Angonese deu ênfase aos cuidados com o beneficiamento, armazenagem, secagem e aeração, etapas estas essenciais para a manutenção da qualidade dos grãos. Foram promovidas aulas práticas com medições de volumes de ar e simulação de tempo de aeração.

Finalidades da Classificação de Produtos Vegetais 

A classificação de produtos vegetais permite identificar a qualidade do produto de acordo com o padrão oficial ou comercial; auxilia na formação de lotes e na definição do valor comercial dos produtos; e possibilita evitar perdas na armazenagem. Com os devidos cuidados na classificação é possível evitar problemas de perda de qualidade física, nutricional e econômica. 

A Emater/RS-Ascar, através da Gerência de Classificação e Certificação, está credenciada no Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul (Sescoop/RS), que permite às cooperativas associadas o ressarcimento dos valores referentes aos cursos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink