Queda de preços não inverte ciclo de expansão da soja, diz FCStone

Agronegócio

Queda de preços não inverte ciclo de expansão da soja, diz FCStone

Consultoria estima produção de 93 milhões de toneladas
Por:
2271 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Num momento em que as previsões sobre a próxima colheita brasileira de soja vão de 91 milhões a 100 milhões de toneladas, a consultoria FCStone aponta para 93 milhões de t. A estimativa considera tendência de crescimento de 6,3% na colheita na comparação com 2013/14.

O ciclo de expansão do plantio segue planejamento de médio e longo prazos e não será interrompido pelo fato de a oleaginosa ter perdido lucratividade, consideram os técnicos. A consultoria prevê que a oleaginosa chegue a 31,24 milhões de hectares em 2014/15, com alta de 5,2% em um ano.

Os produtores estão menos animados com o mercado, mas, do Centro-Oeste ao Sul, recebem informações positivas sobre o comportamento do clima e levam isso em conta no planejamento do plantio, aponta o relatório. A FCStone elevou sua previsão considerado a expectativa de El Niño moderado, fenômeno que promete chuvas para a maior parte do Brasil.

Para o milho, a consultoria prevê área 4,7% menor, de 6,21 milhões de hectares. Os técnicos consideram que o cereal está perto ou abaixo dos preços mínimos em todo o país, e que há dúvidas sobre o volume das exportações, desestimulando a produção.

Queda

R$ 54,7 foi a cotação média da soja no mercado paranaense no fechamento da semana, com recuo de 1,3%, apesar da reação positiva de 1,5% registrada na Bolsa de Chicago.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink