CI

Queda nas cotações da soja reflete aumento da oferta e menor demanda externa

As cotações da soja registraram queda na última semana


Foto: Divulgação

As cotações da soja registraram queda na última semana, conforme apontam dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). A principal razão para essa baixa foi o aumento na oferta do grão no mercado spot nacional, consequência do encerramento das atividades de colheita da safra 2023/24 no Brasil e na Argentina.

Pesquisadores do Cepea destacaram que muitos produtores de soja demonstraram interesse em negociar maiores volumes da safra atual. Esse movimento visa liberar espaço nos armazéns para o armazenamento da segunda safra de milho, que se aproxima. Esse aumento na oferta interna contribuiu diretamente para a queda das cotações.

Outro fator que influenciou a diminuição dos preços foi a redução na demanda externa pela soja brasileira. A menor procura internacional refletiu-se na queda dos prêmios de exportação, impactando os preços domésticos do grão. Porém, nem todas as notícias foram negativas para os sojicultores brasileiros. A valorização do dólar frente ao real atuou como um limitador das quedas nos preços internos. Essa alta da moeda americana ajudou a manter um equilíbrio, evitando uma desvalorização ainda mais acentuada da soja no mercado nacional.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.