Queda nos preços dos fertilizantes no mercado interno

Fertilizantes

Queda nos preços dos fertilizantes no mercado interno

Os preços dos fertilizantes caíram em março, na comparação mensal
Por:
318 acessos

Os preços dos fertilizantes caíram em março, na comparação mensal.  Além do dólar mais fraco na primeira quinzena do mês, a menor movimentação neste mercado, típica deste período, colabora com as quedas nas cotações. 

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a tonelada do superfosfato simples ficou cotada, em média, em R$1.025,05, sem o frete, em São Paulo. 

Desde outubro último as cotações estão pressionadas. Em março, o recuo foi de 1,4% em relação à média de fevereiro deste ano, mas ainda assim o adubo está custando 4,7% mais na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Para o curto prazo, a expectativa ainda é de mercado “morno”. Mas atenção ao câmbio, que voltou a subir nas últimas semanas de março e pode impactar as cotações dos adubos em reais. 

A expectativa é que a partir de abril/maio a demanda interna comece a aumentar, já considerando as antecipações das compras para o plantio da safra de grãos 2019/2020. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink