Queijo Compen$ado: Empresas podem ter sonegado R$ 2 milhões em ICMS

Agronegócio

Queijo Compen$ado: Empresas podem ter sonegado R$ 2 milhões em ICMS

Produtos eram vendidos ilegalmente fora dos municípios de origem
Por:
1238 acessos

Quatro empresas gaúchas de laticínios investigadas em mais uma fase da Operação Queijo Compen$ado, no Rio Grande do Sul, podem ter sonegado mais de R$ 2 milhões em ICMS. Segundo a Receita Federal e o Ministério Público Estadual, além da adição de amido de milho no queijo, utilizado para mascarar a colocação de menos leite do que o exigido pelas normas da indústria, as empresas também teriam cometido crimes tributários.

As empresas forneciam queijos vencidos, estragados, sem procedência e trocavam os rótulos dos produtos. Laudos do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), vinculado ao Ministério da Agricultura, ainda indicaram a contaminação por bactérias da espécie staphylococcus, além de coliformes fecais, em amostras de queijos fornecidos pelas empresas.

São cumpridos cinco mandados de prisão, 17 de busca e apreensão e serão apreendidos 13 veículos durante a ação. Os mandados são cumpridos em sete cidades gaúchas: Constantina, Sarandi, Tenente Portela, Antônio Prado, Carlos Barbosa, Canoas e Porto Alegre. Já os de prisão são cumpridos em quatro destas cidades.

Conforme apurou as investigações, uma empresa de Constantina e outra de Carlos Barbosa investigadas nesta fase da Operação Queijo Compen$ado possuem somente o selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), ou seja, apenas podem comercializar seus produtos dentro do município.

No entanto, elas estavam realizando vendas clandestinas em diversas cidades, principalmente na região metropolitana de Porto Alegre, Vale dos Sinos e Litoral Norte. Somente um dos produtores investigados na operação distribui 100 toneladas de queijo por mês para a Região Metropolitana de Porto Alegre. 

/ Rádio Guaíba

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink