Quem plantou espera chuva, quem colhe quer dias de sol

Agronegócio

Quem plantou espera chuva, quem colhe quer dias de sol

Os dias secos preocupam agricultores de Cascavel que investiram no milho safrinha
Por:
2076 acessos
Os dias secos já representam preocupação para muitos agricultores da região de Cascavel que investiram no milho safrinha

As temperaturas e o clima irregular registrados na última semana deixaram muitos agricultores da região de Cascavel sem saber exatamente que decisão tomar. Quem ainda aguardava para plantar o milho safrinha acabou optando por manter as máquinas estacionadas para não correr o risco de perdas e prejuízos. Os que já plantaram torcem pela chuva, que até agora não veio em grande volume.

Conforme o Deral – Departamento de Economia Rural – da Seab (Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado), os dias secos já representam preocupação para muitos agricultores da região que investiram no milho safrinha. “Boa parte da lavoura está em fase de desenvolvimento e é nesse período que a planta precisa mais de água. Se a chuva não vier efetivamente nos próximos dias certamente haverá perdas”, explica o engenheiro agrônomo do órgão, Álvaro Tremea.

Até agora, dos 222 mil hectares da área prevista para o milho safrinha, 98% já foram plantados, porém em razão das condições climáticas contrárias, é possível que o restante dos trabalhos nem sequer sejam iniciados. “Sabendo da situação, o agricultor prefere não se arriscar. Muitos evitam o plantio para fugir do prejuízo que pode ter na colheita”, observa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink