Quinta-feira será marcada por instabilidades pelo Brasil
CI
Imagem: Arquivo
AGROTEMPO

Quinta-feira será marcada por instabilidades pelo Brasil

Saiba como fica o tempo na sua região
Por: -Aline Merladete

Nesta quinta-feira (06/01) o grande fluxo de umidade, reforçado pelo forte calor a presença de uma região de baixa pressão, garante as instabilidades em grande parte do país, cobrindo uma extensa área desde o sul da região norte, centro-oeste, sudeste, metade norte da região sul, e metade oeste da região nordeste. Em várias localidades do país, há condições para o registro de fortes temporais acompanhados de vendavais, raios e chuvas intensas em curtos períodos de tempo. Além disso, alguns produtores já estão iniciando a colheita da safra de 2021/22, e a maior frequência das chuvas podem atrapalhar os trabalhos de campo.

Confira a plataforma completa de mapas aqui.
Saiba  a previsão para a sua cidade aqui. 

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Região Norte
O padrão de instabilidade na região norte continua indicando uma grande irregularidade nas áreas de chuvas, em particular ao norte do AM, RR e AC. Ao mesmo tempo, as chuvas serão mais regulares, volumosas e bem distribuídas sobre o sul do PA e TO, com volumes superando os 40 mm localmente. Já no estado do AP, Ilha de Marají e grande região de Belém ao norte do PA, terá chuvas mais intensas devido à proximidade com as instabilidades causadas pela Zona de Convergência Intertropical.

Região Nordeste
As instabilidades ganham abrangência nesta quinta-feira sobre a região. Além das áreas produtoras do Matopiba, alguns pontos ao sul do CE, RN e oeste de PE poderão registrar temporais localmente fortes. Os maiores volumes de chuva estão previstos para o norte e oeste da BA e sul do MA, superando os 30 mm no decorrer do dia. 

Região Centro-Oeste
As condições para chuvas são altas em grande parte da região, isso por conta da atuação da Alta da Bolívia, o forte calor, alta disponibilidade de umidade e um corredor de instabilidades provocados por uma área de baixa pressão no oceano. Desta forma, as chuvas poderão ser intensas no sul e oeste do estado de GO, além de pontuais expressivos sobre o Bolsão Sul-Mato-Grossense. Sobre o MT, as chuvas ficam mais esparsas, mas mesmo assim poderá atrapalhar os trabalhos de campo para aqueles produtores que estão dando início à colheita de 2021/22.

Região Sudeste
As chuvas atingem todas as áreas da região, com alguns pontos onde as chuvas poderão ser intensas, devido à presença de uma baixa pressão na costa da região. Em algumas localidades ao sul do estado mineiro, RJ e Vale do Ribeira, ao sul de SP, os volumes poderão superar os 70 mm pontualmente. Ao passo que no triângulo mineiro e interior paulista, as chuvas ocorrem de forma esparsa, mas com potencial para grandes volumes em curtos períodos de tempo. Sobre as demais áreas, a probabilidade é de uma grande variação de nebulosidade e pancadas de chuvas passageiras, particularmente no período da tarde. 

Região Sul
As chuvas terão uma distribuição irregular sobre a região sul. A presença de uma área de alta pressão no sul do RS, impede a chegada de umidade e da formação de nuvens carregadas, assim o tempo será predominante firme na grande região da Campanha Gaúcha. Por outro lado, os ventos oceânicos, poderão resultar em algumas instabilidades pontuais e passageiras no leste do estado, ao passo que as chuvas poderão ser intensas no leste do PR e na grande região do Vale do Itajaí em SC. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.