Raça Montana cria associação internacional
CI
Imagem: Divulgação
PECUÁRIA

Raça Montana cria associação internacional

O plantel atual é 10 mil matrizes e são comercializados 800 touros com CEIP
Por: -Eliza Maliszewski

Os produtores da raça Montana se reuniram em uma Associação Internacional no final de setembro e agora começam as atividades. São oito associados no Programa Montana, que trabalha o melhoramento genético da raça. O plantel atual é 10 mil matrizes e são comercializados 800 touros com Certificado Especial de Identificação e Produção (CEIP), por ano.

O objetivo é democratizar a raça, compartilhar informações genéticas e atrair novos sócios. Além da seleção de touros CEIP, a associação passa a prestar serviços de avaliação genética e acasalamento dirigido para os projetos pecuários que desejam apenas selecionar a raça, sem produção e venda de touros. Atualmente, o banco de dados de bovinos cruzados e compostos Montana conta com cerca de 390 mil animais avaliados à desmama, o que o torna o maior do mundo. 

O gado de pelagem vermelha resulta de cruzamento entre várias raças, de quatro grupos diferentes: zebuínos, adaptados, britânicos e continentais. Tem seu melhoramento trabalhado no Brasil desde a década de 1990. Entre as característica estão o ganho de peso, fertilidade, precocidade sexual e uma maior resistência ao carrapato. O Montana se apresenta como uma das melhores alternativas para acertar no cruzamento de maneira simples e rentável.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink