Agronegócio

Rações medicadas têm novo regulamento para fabricação

O regulamento tem por objetivo estabelecer procedimentos para a fabricação e o emprego de insumos
Por: -Redação
3 acessos

Através da Instrução Normativa nº 65, de 21 de novembro de 2006, publicada na edição da última sexta-feira (24-11) do Diário Oficial da União, o Ministério da Agricultura aprovou o “Regulamento técnico sobre os procedimentos para a fabricação e o emprego de rações, suplementos, premixes, núcleos ou concentrados com medicamentos para os animais de produção”.

Aplicável, conforme o Mapa, a médicos veterinários, a estabelecimentos fabricantes de rações, suplementos, premixes, núcleos e concentrados, bem como aos criadores de animais de produção, envolvidos no uso de produtos com medicamento, o regulamento tem por objetivo estabelecer procedimentos para a fabricação e o emprego desses produtos, com isso visando a garantir “a proteção da saúde humana e animal, do meio ambiente e dos interesses dos consumidores”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink