Raio mata 21 vacas em fazenda do Rio Grande do Sul

Agronegócio

Raio mata 21 vacas em fazenda do Rio Grande do Sul

Destinadas à produção leiteira, os exemplares produziam individualmente 35 litros de leite por dia em média. Os animais estavam avaliados em R$ 3,5 mil
Por:
232 acessos
ClicRBS
PORTO ALEGRE - Uma descarga elétrica matou 21 vacas em uma propriedade localizada no interior do município de Lagoa dos Três Cantos, no norte do Rio Grande do Sul. As vacas de leite de raça holandesa estavam confinadas com outros 149 animais. De acordo com o proprietário, Paulo Mariani, 49 anos, uma tempestade teria atingido a região por volta das 23h deste domingo. Foi neste momento, acredita o produtor, que um raio atingiu o local onde estavam as vacas.

Os animais estavam próximos a uma cerca elétrica quando foram atingidos. Destinadas à produção leiteira, os exemplares produziam individualmente 35 litros de leite por dia em média. Os animais estavam avaliados em R$ 3,5 mil.

Segundo o professor de Medicina de Grandes Ruminantes da Faculdade de Veterinária da Ufrgs, João Batista Souza Borges, é normal alguns animais morrerem por descargas elétricas, mas o número de animais mortos chama a atenção:

- O fato é bastante comum, mas a quantidade de animais mortos foi muito grande. O máximo que eu já tinha ouvido falar é de cinco animais mortos por uma mesma descarga elétrica.

Segundo João Batista, o raio pode ter atingido um ponto próximo às vacas ou a cerca:

- Se o raio atingiu a cerca, ele pode ter caído longe de onde estavam as vacas e a descarga atingiu os animais que estavam perto da cerca, ainda mais se o piso estivesse molhado.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink