Raízen vê moagem de cana em 59,7 mi t em 2018/19 e até 63 mi t em 2019/20, diz Cosan

Cana-de-açúcar

Raízen vê moagem de cana em 59,7 mi t em 2018/19 e até 63 mi t em 2019/20, diz Cosan

Raízen Energia deverá somar um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de entre 3 bilhões e 3,2 bilhões na safra 2018/19
Por:
197 acessos

A Raízen Energia deve moer 59,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2018/19, enquanto em 2019/20 a projeção preliminar é de entre 61 milhões e 63 milhões de toneladas, disse em fato relevante nesta terça-feira a Cosan, que controla a empresa de combustíveis junto com a petroleira Shell.

A Raízen, joint venture entre as empresas, ainda deverá investir entre 2,5 bilhões de reais e 2,7 bilhões de reais na atual safra. Na temporada 2019/20, a previsão é de aportes de entre 2,7 bilhões e 2,9 bilhões de reais.

Segundo a Cosan, a Raízen Energia deverá somar um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de entre 3 bilhões e 3,2 bilhões na safra 2018/19 e de 3,4 bilhões a 3,8 bilhões em 2019/20.

Já o grupo Cosan deverá ter em 2019 um Ebitda consolidado proforma de entre 5,6 bilhões e 6 bilhões de reais, de acordo com o comunicado da companhia.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink