Randon encerra semestre com projeção de receita anual de R$ 3,5 bilhões

Agronegócio

Randon encerra semestre com projeção de receita anual de R$ 3,5 bilhões

Apesar do desempenho neste primeiro semestre apresentar decréscimo em relação aos primeiros seis meses de 2008, a corporação acredita que as medidas anticrise vão trazer novo ânimo ao setor
Por: -Janice
345 acessos

A Randon S.A. Implementos e Participações encerrou o primeiro semestre de 2009 com lucro líquido consolidado de R$ 71,2 milhões, margem líquida de 6,2%. Os indicadores do segundo trimestre apontam sinais de recuperação da economia em relação ao período anterior. No primeiro semestre, a receita bruta total foi de R$ 1,74 bilhão, 17,9% menor que o primeiro semestre do ano passado, enquanto a receita líquida consolidada atingiu R$ 1,16 bilhão, queda de 20,3% em relação a igual período de 2008. O EBITDA de R$ 144,5 milhões, também foi 40,6% inferior. Diante de um cenário mais favorável no segundo semestre, a Randon reprojetou seus principais indicadores estimando que chegará ao final de 2009 com uma receita bruta de R$ 3,5 bilhões, receita líquida de R$ 2,3 bilhões e exportações totais de US$ 170 milhões. Os investimentos do conglomerado atingirão R$ 150 milhões.

A expectativa favorável é que as medidas anticíclicas promovidas pelo governo, notadamente as com vigência neste segundo semestre do ano, podem trazer novidades para o setor de veículos comerciais, incluindo os veículos rebocados, tais como isenção de IPI, redução do custo e ampliação dos prazos de financiamento e criação de um fundo garantidor para as operações que ofereçam mais riscos.

No segundo trimestre de 2009, o lucro líquido consolidado foi de R$ 44,5 milhões, 34,2% menor que o segundo trimestre de 2008.. O EBITDA de R$ 79 milhões também foi 35% inferior em relação a 2008. A receita bruta somou R$ 992,7 milhões, um decréscimo de 16,9% sobre o segundo trimestre de 2008. As vendas consolidadas para o exterior no segundo trimestre de 2009 totalizaram US$ 38,6 milhões ou queda de 49,1% sobre o segundo trimestre de 2008.

No acumulado do semestre, as exportações chegaram a US$ 72,9 milhões ou 47,4% menos que os US$ 138,5 milhões referentes a 2008. As exportações das Empresas Randon representaram 13,8% da receita líquida consolidada no primeiro semestre de 2009 contra 16,1% no mesmo período de 2008.
Desempenho por setor

Implementos Rodoviários, Ferroviários e Veículos Especiais

O ritmo de entrada de novos pedidos tem mantido patamares superiores ao primeiro trimestre e apresenta melhorias no mix de produtos, evidenciando o bom momento da construção civil, transporte de combustíveis e bens de consumo. A linha de veículos rebocados está isenta de IPI até o final do ano. O market share acumulado no primeiro semestre é de 36,5%.

Autopeças e Sistemas Automotivos

A redução dos estoques de produtos prontos ensaiou uma leve retomada nos volumes de pedidos de autopeças e sistemas. Contudo, a produção de caminhões e ônibus recuou 32,4% e 30,0% respectivamente. O resultado é o reflexo da queda significativa das exportações. No mercado doméstico, as quedas são menores e as vendas devem ganhar fôlego com as medidas anticíclicas do governo. As informações são da assessoria de imprensa da Randon.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink