Ranking Nacional tem alterações para o calendário 2010/2011
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Ranking Nacional tem alterações para o calendário 2010/2011

As alterações, que visam o aumento na competitividade do Campeonato, serão válidas para exposições da raça oficializadas junto à ACNB
Por: -Silvano
878 acessos
Índice de bonificação das exposições do Ranking, pontuação de Progênie de Pai e idade da cria ao pé são algumas das principais mudanças do regulamento do Ranking para a próxima temporada

Criado em 1993 pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil - ACNB para promover e incentivar o melhoramento genético do Nelore por todo o país, o Ranking Nacional ACNB, hoje uma importante ferramenta de valorização dos exemplares da raça, tem mudanças para o calendário 2010/2011. As alterações, que visam o aumento na competitividade do Campeonato, serão válidas para exposições da raça oficializadas junto à ACNB.

Entre as principais alterações, pode ser ressaltado o novo Índice de Bonificação para exposições do Ranking e a tabela de pontos de premiação de Progênie de Pai, que agora tem a mesma pontuação que a Progênie de Mãe. As mudanças contribuirão para o aumento na competitividade dos campeonatos.

Uma nova regra que vai favorecer criadores e expositores é que o resultado obtido na Expoinel poderá substituir uma das exposições do Ranking Regional. A partir do calendário 2010/2011, a principal feira do Nelore, que encerra o Ranking Nacional, terá seu índice valorizado em 10% dentro do Ranking, o que tornará a disputa ainda mais acirrada para as próximas temporadas.

A partir deste ano calendário os participantes do Ranking devem ficar atentos em relação aos bezerros. Agora as fêmeas paridas devem estar obrigatoriamente acompanhadas da cria ao pé com a idade inferior a sete meses e zero dia, ao contrário dos últimos anos, quando a idade obrigatória era de oito meses.

Alguns itens das Normas para atuação dos Jurados em Exposições Oficiais também foram modificados. Por exemplo, é válido que cada jurado só poderá atuar em duas exposições consecutivas, com mais de 500 animais, se o intervalo entre elas for maior que 45 dias. Em caso de exposições com mais de 800 animais, tendo por base o número de inscrições da edição anterior, o jurado J3 poderá ser substituído por um J2, formando um trio de jurados com uma dupla J2 e um J1, que continua obrigatório. Ainda haverá a indicação de jurados observadores contratados pela ACNB e ABCZ em exposições com mais de 700 animais. Houve ainda a reclassificação dos jurados J1, J2 e J3, que fez com que alguns desses jurados subissem de classe. Todas as decisões nas normas dos jurados foram tomadas pela Comissão conjunta da ACNB, ABCZ e CJRZ.

O regulamento completo do 18º Ranking ACNB está disponível para download no www.nelore.org.br. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail rankingnacional@nelore.org.br ou pelo telefone (11) 3293 8900, com Marcos Pertegato.
 
As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil - ACNB .

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink