Agronegócio

Rebanho de ovinos e caprinos cresce 65% em Mato Grosso

O rebanho no Estado deve chegar a 1 milhão de cabeças ainda este ano
Por: -Redação
23 acessos

O rebanho de ovinos e caprinos de Mato Grosso apresentou um crescimento vertiginoso no período de novembro de 2005 a novembro de 2006, chegando a um plantel de 774,447 mil cabeças. O crescimento foi de 65,83%, se comparando com os números de 2006, que apontavam um rebanho de 467 mil cabeças, conforme números divulgados pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea). A expansão já era esperada pelo setor, que estima chegar ao final deste ano com um plantel de 1 milhão de cabeças e até o ano de 2010 atingir o número de 5 milhões.

A atividade da ovinocaprinocultura já é desenvolvida em todas as regiões de Mato Grosso. De acordo com os números do Indea, o município detentor do maior rebanho é Cáceres (Oeste do Estado), com 42,997 mil cabeças. Em seguida aparecem os municípios de Juína (Noroeste de Mato Grosso), com 37,566 mil animais, Sinop (Região Norte), 23,094 mil e Vila Bela da Santíssima Trindade (Região Oeste), com um rebanho de 19,612 mil cabeças.

O presidente da Associação de Ovinocultura de Mato Grosso e também presidente da Comissão de Ovinocultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Antônio Carlos Carvalho de Sousa, garante que o setor cresce em quantidade e qualidade, uma vez que, os criadores estão investindo pesado no melhoramento genético do rebanho que já se equipara aos melhores planteis do País.

Para Antônio Carlos a meta de chegar a um rebanho de 5 milhões de cabeças no ano de 2010, está sendo cumprida. “Além do aumento dos planteis nas propriedades, o que também está aumentando muito é o número de criadores. Não apenas pecuaristas, mas também produtores do ramo agrícola estão aderindo a ovinocaprinocultura que é uma atividade com futuro promissor em Mato Grosso, que poderá, nos próximos anos, se tornar o maior produtor de ovinos e caprinos do Brasil” afirmou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink