Agronegócio

Receita cambial dos cortes de frango volta a registrar evolução positiva

Exportações de carne de frango acumula no exercício receita cambial maior que a de idêntico período do ano passado: os cortes.
Por:
1122 acessos

Enquanto no fechamento do primeiro quadrimestre somente o frango inteiro registrou evolução positiva da receita cambial, agora, fechados os cincos primeiros meses de 2016, outro e ainda mais importante item das exportações de carne de frango acumula no exercício receita cambial maior que a de idêntico período do ano passado: os cortes.

Isso é devido, essencialmente, ao aumento do volume embarcado, quase 20% superior ao registrado entre janeiro e maio de 2015. Aliás, foi o que deu sustentação à reversão e a um aumento de 0,64% na receita cambial desse item, já que o preço médio registrado no período permanece mais de 15% abaixo do valor registrado um ano atrás.

Embora tenha obtido aumento de volume proporcionalmente menor (+14,64%), o frango inteiro registra agora incremento de receita (+1,12%) superior ao dos cortes. Fato decorrente, sobretudo, de uma melhor recuperação do preço médio – ainda negativo, mas agora menos de 12% inferior ao dos mesmos cinco meses de 2015.

Porém, tais ganhos – de 1,12% na receita do frango inteiro; de 0,64% na dos cortes – não foram suficientes para reverter o resultado negativo na receita global dos quatro itens exportados – ainda que cortes e frango inteiro sejam responsáveis por 87% dessa receita. 

É que carne salgada e industrializados de frango apresentam não só menor evolução nos volumes embarcados, mas também fraca recuperação nos preços médios. É o que faz com que a receita cambial global do setor permaneça negativa. 

De toda forma, o índice de redução, agora, é de apenas 0,47%, enquanto um ano atrás, nesses mesmos cinco meses, a receita cambial da carne de frango foi quase 13% menor.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink