Receita/RS estuda adaptação de nota
CI
Agronegócio

Receita/RS estuda adaptação de nota

A alteração é importante porque as notas servem de documento para comprovar a atividade
Por:

A Receita Estadual estuda uma forma para que os agricultores familiares gaúchos possam adotar a nota fiscal eletrônica (NF-e). O desafio é mudar o sistema para incluir no mesmo registro os membros da família autorizados a vender os produtos da propriedade, como ocorre hoje no uso do talão do produtor. Enquanto isso não acontecer, segundo o diretor da Receita Estadual, Julio César Grazziotin, não será exigida a utilização do documento. Segundo o presidente da Fetag, Elton Weber, a alteração é importante porque as notas servem de documento para comprovar a atividade.

A partir do final deste ano, demais empresas que praticam atividades de distribuição, comércio atacadista ou indústria, bem como operações interestaduais e de fornecimento para a administração pública, terão de adotar a NF-e.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.