Reciclagem de embalagens de agrotóxicos cresce em Ponta Grossa/PR
CI
Agronegócio

Reciclagem de embalagens de agrotóxicos cresce em Ponta Grossa/PR

Por:
Ponta Grossa recebeu 1.210.421 embalagens vazias de agrotóxico e destinou em 2012 mais de 465.345 quilos de embalagens vazias, contribuindo com a preservação do meio ambiente

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) encaminhou em 2012 mais de 19,5 mil toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos para o destino ambientalmente correto. Um crescimento de 8% em relação ao mesmo período de 2011. Cinco estados brasileiros representam 70% do total destinado, entre eles o Paraná, com a marca de 98% das embalagens utilizadas em campo totalmente recicladas. Nosso Estado está entre os que mais reciclam embalagens de agrotóxicos no Brasil.


A prática de destinar corretamente as embalagens vazias de defensivos agrícolas, pós-consumo, é obrigatória no Brasil desde 2002, e determina que as responsabilidades devem ser compartilhadas entre agricultores, canais de distribuição/cooperativas, indústria e poder público.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.