Recorde histórico no embarque de cortes de frango em 2018

Frango

Recorde histórico no embarque de cortes de frango em 2018

Cortes impediram que as exportações de carne de frango de 2018 apresentassem resultados negativos mais incisivos
Por:
105 acessos

Responsáveis por pouco mais de dois terços do volume e da receita cambial do setor, os cortes impediram que as exportações de carne de frango de 2018 apresentassem resultados negativos mais incisivos, pois mantiveram o mesmo volume de 2017 (incremento de 0,32%). Mas não só isso, pois, a despeito do pequeno adicional registrado – perto de 9 mil toneladas a mais – alcançaram o maior volume da história do setor, superando os 2,7 milhões de toneladas de 2017.

Em termos de volume os cortes foram exceção à regra, pois os outros três itens exportados fecharam 2018 com queda no volume embarcado. Os industrializados e a carne salgada sofreram reduções superiores a 30%. A do frango inteiro foi menor, de 11%, mas com significado bem mais amplo, pois o volume a menos (137 mil toneladas) representou mais de 60% da queda total registrada (comparativamente ao total exportado em 2017, 221 mil toneladas a menos).

Já no tocante aos preços médios alcançados, um fato curioso: os dois itens com maior queda de volume no ano foram os únicos a alcançar preço médio superior ao de 2017. O preço médio dos industrializados valorizou-se 5,62%; e o da carne de frango salgada – cujos embarques foram afetados pelo embargo europeu a duas dezenas de frigoríficos brasileiros – experimentou alta de mais de 16%, registrando o melhor desempenho dos últimos quatro anos.

O produto in natura não teve a mesma sorte: o preço médio do frango inteiro sofreu baixa de 4,20% e o dos cortes de, praticamente, 5%. Mas como o volume de cortes embarcados apresentou ligeira alta, o efeito sobre a receita cambial foi menor, com queda de 4,67%. Já a queda de receita dos demais itens foi mais significativa: de quase 15% no frango inteiro; de 27% nos industrializados; e de 22,50% na carne salgada.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink