Recuo do boi gordo em São Paulo

Agronegócio

Recuo do boi gordo em São Paulo

Existem negócios acima deste valor, mas menos frequentes
Por:
687 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O mercado do boi gordo está mais frouxo em São Paulo. Embora a oferta de animais não esteja abundante, os frigoríficos testam valores menores para a arroba. A cotação de referência teve recuo de R$0,50/@ no estado e ficou em R$128,50/@, à vista (16.09).

Existem negócios acima deste valor, mas menos frequentes. As programações de abate estão bastante heterogêneas. Existem escalas de dois a oito dias, com a maior parte ao redor de quatro dias.

No Triângulo Mineiro, o cenário é de preços firmes e indústrias trabalhando com escalas falhas. Ainda assim, as programações atendem cerca de três dias.

No mercado atacadista houve desvalorizações. A demanda não vinha colaborando nas últimas semanas e, atualmente, houve aumento dos estoques.

O boi casado de animais castrados teve recuo de 1,0% e está cotado em R$7,88/kg.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink