Recuo do dólar derruba custos da próxima safra de algodão em Mato Grosso

Agronegócio

Recuo do dólar derruba custos da próxima safra de algodão em Mato Grosso

Desde fevereiro, custos para a produção estão em queda 
Por:
165 acessos

Desde fevereiro, custos para a produção estão em queda 

Os custos para produção de algodão na safra 16/17 estão caindo, desde fevereiro, “pouco a pouco” em Mato Grosso, segundo boletim divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A última estimativa aponta que, no mês de julho, os gastos foram de R$ 8.209,25, o que representa queda de 1,8% em relação ao mês anterior.

Para os especialistas, este recuo se deve principalmente à desvalorização do dólar que fez com que “os preços de defensivos e fertilizantes agrícolas reduzissem, uma vez que a maior parte destes produtos é de origem externa. Assim, os preços alicerçados pelo dólar vêm favorecendo os produtores que negociaram com as cotações mais baixas”.

O instituto alerta, no entanto, que “o momento requer atenção, pois os referidos itens são os que mais pesam no bolso do produtor, já que juntos representam 50% do custo total de produção”. De acordo com o Imea, apesar da queda nos custos nos últimos meses, os gastos deste ano ainda continuam 7% mais altos em relação à safra anterior, uma diferença de R$ 562,22 por hectare.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink