Recuo produtor e menor oferta impulsionam cotações da mandioca

Mandioca

Recuo produtor e menor oferta impulsionam cotações da mandioca

Mandiocultores consultados pelo Cepea seguem sem interesse pela comercialização, devido ao baixo patamar dos preços da raiz
Por:
35 acessos

Os mandiocultores consultados pelo Cepea seguem sem interesse pela comercialização, devido ao baixo patamar dos preços da raiz, que recuaram 19% desde o início de março, e à baixa produtividade das lavouras de primeiro ciclo. Além disso, segundo colaboradores do Cepea, o clima seco tem dificultado o avanço dos trabalhos de campo em algumas regiões, reduzindo a oferta.

Por outro lado, a demanda industrial esteve mais firme nos últimos dias, refletindo o aumento das vendas de fécula – entre 22 e 26 de abril, houve maior disputa pela matéria-prima. Como resultado, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 299,46 (R$ 0,5208 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), alta de 1,4% frente ao da semana anterior.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink