Recursos do Funcafé irão financiar os leilões de Pepro

Agronegócio

Recursos do Funcafé irão financiar os leilões de Pepro

Do total, R$ 300 milhões se destinam ao Prêmio Equalizador Pago ao Produtor
Por:
101 acessos

O Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) aprovou nessa quinta-feira (16-08) a proposta orçamentária de R$ 2,561 bilhões para o Fundo de Desenvolvimento da Economia Cafeeira (Funcafé) para 2008. Do total, R$ 300 milhões se destinam ao Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro-Café) e R$ 750 milhões, a Opções de Venda do produto. O CDPC também alocou R$ 1,411 bilhão para financiamentos (custeio, colheita, estocagem e pré-comercialização) e R$ 60 milhões para equalização de juros do crédito para a cultura.

“Foi uma reunião excelente. Tivemos um debate construtivo, onde todos se manifestaram com sólidos argumentos técnicos”, comentou o secretário de Produção e Agroenergia, Manoel Vicente Fernandes Bertone. “Toda pauta foi substancialmente aprovada por unanimidade, exceto em relação ao uso do Funcafé para financiar o Pepro, questionado por duas entidades. Embora concordem com a utilização do Pepro no apoio à cafeicultura, elas entendem que os recursos deveriam sair do Tesouro Nacional.”

Os 12 membros do CDPC, formado por representantes do setor privado e do governo, também aprovaram a destinação de R$ 13 milhões do Funcafé para promoção do produto nos mercados interno e externo e outros R$ 12 milhões para pesquisa e desenvolvimento.

De acordo com Bertone, a intensa participação dos conselheiros na reunião de hoje mostra que o CDPC vai se fortalecer na formulação da política do café. “Mais importante que a aprovação do orçamento do Funcafé, é termos claro que a política do café não se faz a partir de um único instrumento. Hoje, temos três: Pepro, Opções de Venda e financiamentos. Isso dá maior eficácia à política do setor”, disse o secretário, destacando o apoio do ministro Reinhold Stephanes à cafeicultura.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink